Modelismo e Simulações – a Escola Viva no Fórum FAAP 2017

Modelismo e Simulações – a Escola Viva no Fórum FAAP 2017

Conteúdo - Escola Viva

30 Junho 2017 | 18h00

   

Entre os dias 14 e 17 de junho de 2017, em pleno feriado prolongado de Corpus Christi, dez estudantes da Escola Viva participaram do XIII Fórum FAAP de Discussão Estudantil, a mais importante simulação para alunos de Ensino Médio no Brasil, com a presença de mais de 500 alunos de 70 escolas. Ao longo de quatro dias de imersão em comitês correspondentes aos diversos organismos internacionais que compõem a Organização das Nações Unidas, nossos jovens representaram Grécia, Peru, Luxemburgo e Cazaquistão no Conselho de Segurança, na Assembleia Geral, na Organização do Tratado do Atlântico Norte, no Tribunal Europeu de Justiça e no Comitê de Imprensa.

   

Esta experiência possibilita vivenciar competências do mundo real, dando sentido às aulas cotidianas, visualizando, em cada debate, discussões que já aconteceram em sala de aula. É uma oportunidade de vivenciar competências e habilidades ao representar instancias e países no papel de diplomatas, juízes e membros do executivo de alguma nação ou organismo internacional. Mais: é um diálogo com o mundo, com a diversidade e com o contraditório.

É com muito orgulho que celebramos a menção honrosa recebida pelos alunos André Bohn e Pedro Celia, no comitê que tratou da difícil questão dos exércitos particulares, empresas de segurança e grupos paramilitares no âmbito do Conselho de Segurança da ONU e que apresentou a dificuldade adicional de ser falado em inglês.

   

Para além da premiação, na Escola Viva, acreditamos que este exercício, mais que um evento, é a oportunidade de praticar uma ferramenta poderosa na relação ensino-aprendizagem, que é o exercício de simular e reproduzir modelos internacionais, tendo como protagonista o estudante.
A tarefa foi árdua: pesquisas históricas, políticas, geográficas, econômicas e culturais; produção de arcos de alianças compostas de países aliados, neutros, adversários e inimigos; planejamento estratégico e tático; coerência argumentativa; simulações prévias, participação em fóruns preparatórios entre outras atividades garantiram a solidez das nossas representações.
      

Nossa ênfase e nosso objetivo dialogam com uma formação para a vida, com saberes que ultrapassem os muros da escola, que possibilitem a formação de redes de contatos e proporcionem experiências para os jovens, nas suas próximas etapas: na sua introdução ao mundo adulto, globalizado, da educação superior e da profissionalização.

Concluímos esta primeira etapa do ano acreditando que, em setembro, próxima edição do Fórum Faap, estaremos certamente com uma delegação ainda mais motivada, orgulhosa e preparada.

Parabéns alunos!
                  

Veja aqui os depoimentos dos alunos durante o Fórum FAAP: