4 dicas para o cardápio do seu filho entrar nos trilhos com a volta às aulas

4 dicas para o cardápio do seu filho entrar nos trilhos com a volta às aulas

Cycle International School

15 Fevereiro 2018 | 15h36

A volta às aulas é sempre um momento de adaptação de crianças no ambiente escolar, não só pela ausência da rotina que têm nas férias, mas também por conta da alimentação. Esse sintoma comum em diversos lares é reforçado com dados como a de uma recente pesquisa do instituto Ipsos que mostra 73% das mães entrevistadas afirmando que os filhos não comem hortaliças ou legumes e 46% não comem frutas.

Para Carla Caratin, nutricionista responsável da Cycle International School, a escola tem cada vez um papel fundamental no processo de aprendizagem e descoberta dos alimentos das crianças. Ela conta que, “Ao retornarem é comum encontrarmos algumas resistências de crianças que se alimentavam bem no ano anterior, mas que voltam um pouco mais seletivas. Por isso, criar cenários onde a comida pode ser compreendida como algo positivo é determinante para o crescimento delas”, comenta.

Nesse vídeo, a nossa nutricionista Carla Caratin, conta um pouco mais sobre como pode ser a adaptação da alimentação das crianças na volta às aulas: 

Se seu filho estava de férias da escola, mudará de colégio ou esse será o primeiro ano dele ou dela, não importa. Com as dicas da nutricionista a seguir, a adaptação para uma alimentação mais saudável dentro do ambiente escolar refletir na vida dele como um todo pode ser mais fácil do que se imagina.

Veja as dicas para o cardápio do seu filho na volta às aulas

1.É necessário que seja firmada uma verdadeira parceria entre as famílias e a escola para que as crianças tenham uma alimentação saudável dentro e fora do ambiente escolar;

2.A escola deve sempre estimular nas crianças o desejo de experimentar, conhecer, de manipular os alimentos para que elas sintam vontade de provar novos sabores;

3.Criar atividades em sala que promovam o sentimento de descoberta por alimentos saudáveis é essencial para a construção de um paladar equilibrado desde cedo;

4.Pais que comem mal, estimulam negativamente seus filhos. A escola deve alertar os pais para que os hábitos criados durante a semana se mantenham também nos momentos em família;