As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Robótica pedagógica desenvolve habilidades socioemocionais

Thais Gonzales

08 de agosto de 2019 | 19h07

No Colégio Alicerce, a Robótica é uma aula optativa oferecida para alunos do Fundamental 1. Mais do que mostrar a matemática e a geometria na prática, relaciona conteúdos de outras disciplinas, traz temas da atualidade e também incentiva o trabalho em equipe e o desenvolvimento de habilidades socioemocionais.

“Para cada aula, há uma construção diferente e, na contextualização destas construções, passamos por diversas áreas do conhecimento, como ciências humanas (História e Geografia), ciências naturais (Biologia e Física) e Matemática, com a contagem de peças em todas as aulas”, explica Daniela de Moura, coordenadora da SMARTblocks®, empresa especializada em Robótica Pedagógica e que fornece o material para a escola.

O trabalho é focado em 11 habilidades: raciocínio lógico, concentração, trabalho em grupo, autoestima, senso crítico, organização, criatividade, leitura de imagem, liderança, coordenação motora e conhecimento. Isso tudo está de acordo com as exigências da BNCC – Base Nacional Comum Curricular para o treinamento de habilidades (práticas, cognitivas e socioemocionais).

Segundo ela, a metodologia é baseada em quatro pilares: questionar, pensar, definir e executar. O objetivo é propiciar a aprendizagem de habilidades que os alunos utilizarão durante toda a vida acadêmica, profissional e interpessoal.

Os projetos têm enriquecido o conhecimento com temas interessantes. “Oscar Niemyer”, por exemplo, inspirou os alunos. Eles conheceram algumas das construções mais importantes dele e ouviram um pouco da história desse arquiteto tão importante para o Brasil.

“Descobrimento do Brasil” contou um pouco da história deste momento importante, apresentando imagens das caravelas, dos índios e dos portugueses. Já “Bonecos de Olinda” mostrou essa tradição divertida do nordeste que ultrapassou as fronteiras brasileiras e já alcançou outros países, como Estados Unidos, México e França.

“As turmas do Colégio Alicerce são participativas e demonstram interesse por todas as construções trabalhadas, em especial, pelos projetos apresentados. Assim, os estudantes estão se desenvolvendo em todas as habilidades mencionadas”, finaliza Débora.

 

 

Tendências: