As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mais Ética e Cidadania na vida real e nas redes sociais

Thais Gonzales

06 de junho de 2019 | 14h51

A vida frenética, cheia de tarefas e a grande quantidade de informações são os responsáveis por deixar as pessoas muito ansiosas. Na pressa e mergulhados num ritmo tão acelerado, a comunicação positiva e saudável entre pais e filhos, família e toda a comunidade escolar pode se perder.

Grupos de WhatsApp exemplificam como boas conversas podem escapar das nossas mãos sem percebermos. Segundo a quarta edição da pesquisa Escola Digital Segura, elaborada pelo Instituto iStart, 77,7% dos conflitos escolares envolvem o aplicativo. Seis em cada dez colégios já tiveram casos de desentendimentos em grupos formados por mães, pais ou familiares dos alunos, de acordo com matéria do Portal Universia.

Os aplicativos trouxeram, sem dúvidas, tantas facilidades. Mas é preciso buscar o equilíbrio emocional para lidar com as adversidades e manter bons relacionamentos na vida real e na rede social. Agir com empatia é o primeiro passo para tornar isso possível. Nossos alunos estão buscando exercitar essa habilidade, porque já perceberam que faz toda a diferença dentro e fora da escola.

Nas aulas de Ética e Cidadania, utilizando o material da OPEE Metodologia, diferentes assuntos são discutidos com o Fundamental para reforçar a importância do respeito ao outro e às diferentes opiniões, a importância de controlar as emoções, reconhecer-se e reconhecer o próximo nas suas individualidades. Aprendizados que fazem bastante sentido para nós, adultos.

Isso também faz parte do convívio de todas as outras turmas. Ensinamos os alunos a ouvir, pensar antes de falar, respeitar opiniões, saber ser crítico e colocar sua opinião com o cuidado para não desvalorizar a outra pessoa, refletir junto, ponderar.

Mais ética, mais cidadania, mais conexão em nossas ações. Vamos pensar nisto e praticar?

#Ficadica

– Cuidado com a superexposição nas redes sociais. Mais importante do que postar, é curtir o momento; precisamos orientar nossas crianças e jovens.

– Evite polêmicas em grupos de WhatsAPP, pois só vão lhe causar mais stress;

– Respeitar limites é saudável para qualquer relação;

– Utilize seu tempo para pensar, falar e compartilhar coisas boas. Você atrairá isso de volta para si. Somos responsáveis por tudo o que publicamos e compartilhamos.

 

– Resolva desentendimentos pessoalmente, como nossos alunos estão se esforçando para fazer. Nada substitui o carinho, o acolhimento e o olhar ao próximo para saber o momento de falar e ouvir diferentes opiniões.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: