As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Desenvolvimento psicomotor dentro da escola

Thais Gonzales

03 Abril 2017 | 09h46

Já ouviu falar em psicomotricidade? O termo parece complicado, mas na prática é muito simples e faz parte da rotina dos nossos alunos, em especial, na educação infantil. Ela trabalha a consciência e a expressão corporal, tão importante no desenvolvimento das crianças.

A capacidade de coordenar movimentos, demostrar sentimentos e até a personalidade se conquista aos poucos e são habilidades tão importantes como aprender a ler e a escrever.

O desenvolvimento psicomotor leva em consideração alguns elementos como: lateralidade, estruturação espacial, estruturação temporal, consciência corporal e equilíbrio. Segundo a coordenadora Cristiane Fernandes, as atividades e o ambiente contribuem com a organização motora e emocional com uma aprendizagem autônoma, criativa e ativa.

Além do conteúdo transmitido em sala de aula e a inserção de desafios e trabalhos, as crianças participam de dinâmicas que, embora sejam simples, contribuem e muito para o sucesso escolar e pessoal.

“Trabalhamos com diferentes materiais para estimular nossas crianças. Alguns são bem simples, como escorredor de macarrão para alinhavo, espremedor de limão (colocamos massinha de modelar), pegador de massa (pegar bolinhas), cones, espuma entre outros”, ressalta a coordenadora.