Preparatório gratuito online para pós no exterior abre inscrições

Preparatório gratuito online para pós no exterior abre inscrições

Andrea Tissenbaum

14 de abril de 2022 | 09h42

Foto: Imgix, via Unsplash

Foto: Imgix, via Unsplash

Curso Prep Pós-graduação junta a expertise da Fundação Estudar e da Fundação Lemann para apoiar jovens que desejam fazer pós-graduação no exterior.

Oferecido pela Fundação Lemann e pela Fundação Estudar, o Prep Pós-Graduação é o um curso gratuito com o objetivo de preparar e inspirar brasileiros das mais diversas origens a fazer suas candidaturas para uma pós-graduação no exterior. 

O curso é dirigido a quem quer estudar fora do Brasil e não há qualquer restrição ou pré-requisito para participar. Jovens que não possuem notas muito altas, precisam de ajuda para encontrar uma bolsa de estudos, não são fluentes em inglês, estão terminando a faculdade, querem mudar de carreira ou têm o sonho de viver uma experiência acadêmica no exterior são os participantes ideais.

São cerca de 12 horas de conteúdo gravado que vão não só inspirar e apoiar sua tomada de decisão como dar suporte na elaboração da sua candidatura. Workshops ao vivo vão complementar e aprofundar temas mais sensíveis do processo de candidatura.

O Prep Pós-graduação tem módulos específicos que vão ajudar você a encontrar uma bolsa para financiar sua pós-graduação e desenvolver mais seu inglês. Também vai abordar detalhadamente cada passo da candidatura: redações, cartas de recomendação, entrevistas e documentação. Tudo isso com convidados especiais como: MIT, Columbia University, University of South California, ETS / TOEFL, British Council / IELTS, Duolingo, diversos jovens que fizeram ou fazem pós-graduação no exterior e empresas de consultoria.

Conheça o conteúdo completo AQUI e faça sua inscrição gratuita! 

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais.
Entre em contato: tissenglobal@gmail.com

Siga o Blog da Tissen no InstagramFacebook e Twitter.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.