Nova Zelândia oferece dezenas de bolsas em 2018

Nova Zelândia oferece dezenas de bolsas em 2018

Andrea Tissenbaum

13 Março 2018 | 13h49

Massey University - Nova Zelândia | Foto: Michal Klajban, via Wikimedia Commons

Massey University – Nova Zelândia | Foto: Michal Klajban, via Wikimedia Commons

Venha conhecer diversas universidades neozelandesas na feira Eduexpo. Dias 17 e 18/03 em São Paulo. 

Nos dias 17 e 18 de março quem visitar o pavilhão da Nova Zelândia na feira Eduexpo, em São Paulo, vai conhecer os caminhos para conquistar uma bolsa de estudos no país.

Anualmente, as universidades neozelandesas oferecem dezenas de programas para facilitar custos e atrair estudantes brasileiros. As bolsas abrangem estudantes de graduação, pós-graduação e doutorado. Parciais ou integrais, podem também incluir auxílio para alimentação, moradia e transporte.

Ficou interessado? Encontre a relação das bolsas oferecidas no site da Education New Zealand, agência do governo para a divulgação do país como destino para estudantes internacionais.

Fale com representantes das universidades 
Considerado o país com a melhor qualidade de vida do mundo pelo Legatum Prosperity Index, a Nova Zelândia também se destaca por seu forte investimento em educação e pesquisa. Além disso, segundo a pesquisa Education For The Future, realizada pelo The Economist Intelligence Unit, é o país que melhor prepara os seus estudantes para o futuro.  Não é à toa que suas oito universidades públicas estão classificadas entre as entre as 2,5% top no QS World University Rankings de 2018.

> Confira as instituições de ensino que estarão presentes:
– Auckland Institute of Studies
– Eastern Institute of Technology (EIT)
– EDENZ Colleges
– New Zealand Institute of Education
– Auckland English Academy
– CCEL
– Riccarton High School
– Study Southland
– AUT University
– Massey University
– The University of Auckland
– Victoria University of Wellington

Outra atração será a palestra “Estude e Trabalhe na Nova Zelândia”, apresentada em várias sessões ao longo dos dois dias do evento pela Senior Market Development Manager da ENZ, Ana Azevedo. Uma ótima oportunidade para conhecer detalhes sobre a vida cotidiana por lá e ouvir as experiências de intercambistas que estudaram no país. Confira a agenda completa AQUI.

As inscrições para a Eduexpo podem ser feitas AQUI.

Diferencial interessante: estudo – trabalho
A Nova Zelândia tem outras condições extremamente favoráveis de acolhimento aos estudantes internacionais. Alunos de cursos de inglês podem trabalhar durante toda a estadia no país, desde que matriculados por um período mínimo de 14 semanas em uma escola classificada na Categoria 1. Alunos do ensino superior podem solicitar um visto de trabalho de até um ano ao completar qualquer curso com duração de mais de 30 semanas. No caso de receberem uma oferta de trabalho em sua área de estudo, podem obter um segundo visto com duração de até dois anos. Quem cursa pós-graduação ainda tem os benefícios estendidos à família: os conjugues recebem permissão para viver e trabalhar no país e os filhos podem ser matriculados em escolas públicas.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no InstagramFacebook, e Twitter.