Iniciativa apoia estudantes de países de língua portuguesa no exterior

Iniciativa apoia estudantes de países de língua portuguesa no exterior

Andrea Tissenbaum

27 de março de 2020 | 13h23

Estudantes internacionais de língua portuguesa | Foto: Andrea Piacquadio, via Pexels

Estudantes internacionais de língua portuguesa | Foto: Andrea Piacquadio, via Pexels

Nguzu Project e Descomplica unem esforços para gratuitamente apoiar estudantes  de diversos países de língua portuguesa que estão no exterior.

Com o objetivo de apoiar estudantes de todos os países de língua portuguesa que estão no exterior, o site Descomplica e a organização portuguesa Nguzu Project uniram esforços para oferecer produtos educacionais gratuitamente.

A iniciativa, associada ao Programa de Bolsas Nguzu 2020, tem como foco alunos brasileiros e de vários países como Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, que neste momento estão no exterior.

“Longe das suas famílias e de suas raízes, esses estudantes, em situação frágil, precisam de todo o apoio que pudermos oferecer. Só em Portugal são mais de 20 mil alunos brasileiros e mais de 20 mil de outros países de língua portuguesa”, afirma Tiago Cardoso, Diretor Executivo do Nguzu Project.

O Descomplica, que conta com mais de 5 milhões de usuários mensais dos seus conteúdos, é a primeira EdTech a se tornar uma Instituição de Ensino Superior nos Países de Língua Portuguesa. Face à situação do COVID-19, a plataforma liberou vários conteúdos gratuitos para ajudar a aumentar a produtividade no estudo e no trabalho em casa.

“Em tempos de COVID-19, onde mais de 5 mil estudantes internacionais de língua portuguesa se encontram em quarentena, ampliamos nosso investimento no Programa de Bolsas NGUZU 2020 e antecipamos seu início”, explica Tiago Cardoso.

“Vamos propor aos alunos que continuem a se preparar aprendendo gestão do tempo, inovação e capacitando-os com princípios básicos de empreendedorismo, junto a outras atividades extracurriculares que o Nguzu oferece”, afirma Rafael Cunha, VP de Educação do Descomplica. “Queremos estar presente em todos os momentos da vida dos nossos alunos, dando todo o suporte necessário para eles”, completa o executivo.

Até final de julho de 2020, a NGUZU e o Descomplica vão apoiar estudantes internacionais em quatro grandes áreas:

1. Educação
– Ensino à Distância: cursos livres de Soft Skills como Gestão de Tempo e Tomada de Decisões
– Apoio Psicológico e Psicopedagógico aos alunos que estão no exterior

2. Emprego
Capacitação à distância, por meio de Bootcamps na área tecnológica, programas de planeamento de carreira, estágios e summer Jobs

3. Empreendedorismo e inovação
Formação prática à distância: pós-graduação em negócios digitais e projetos de mentoria, como o  WebSummit on the Road

4. Projetos sob medida
– Projetos conjuntos com organizações no país de destino com universidades, residências universitárias e associações de estudantes
– Projetos conjuntos com organizações no país de origem como agências de intercâmbio ou plataformas de emprego

Nesta primeira fase, 10 mil bolsas estão sendo oferecidas pela Nguzu e seus parceiros. Estudantes internacionais inscritos nas atividades do grupo Nguzu podem receber entre 2.500 e 5 mil euros. E os que ainda não fazem parte do time, também podem participar. A oferta de bolsas Nguzu para esses alunos é de mil e 2.500 euros.

Para se pré-inscrever neste Programa, é necessário preencher este FORMULÁRIO. Se você é um estudante internacional cuja língua nativa é o português, não perca esta oportunidade!

Em tempos de coronavírus, iniciativas como esta são fundamentais. Afinal, disponibilizam apoio a um número maior de alunos de forma transversal, objetiva e eficiente.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais.
Entre em contato: tissen@uol.com.br

 Siga o Blog da Tissen no FacebookTwitter Instagram.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: