Hungria oferece bolsas de estudo para brasileiros

Hungria oferece bolsas de estudo para brasileiros

Andrea Tissenbaum

13 de dezembro de 2018 | 08h55

Universidade de Debrecen, Hungria | Foto: Yoav Dothan, via Wikimedia Commons

Universidade de Debrecen, Hungria | Foto: Yoav Dothan, via Wikimedia Commons

São mais de 500 oportunidades de cursos em 28 universidades na Hungria para quem quer fazer graduação, mestrado ou doutorado. Inscrições até 15/01/2019.

Se você está buscando uma oportunidade para estudar no exterior com bolsa integral, que inclua qualidade de vida, instituições de ensino renomadas e a possibilidade de viver no coração da Europa, a Hungria é o seu destino. 

Iniciativa anual do governo húngaro, o programa de bolsas Stipendium Hungaricum, realizado em cooperação com o governo brasileiro, está com as inscrições abertas. A oportunidade é destinada a brasileiros que querem quer fazer graduação, mestrado ou doutorado em todas as áreas.  

Interessados podem escolher entre mais de 500 cursos, disponíveis em 28 das mais prestigiadas instituições de ensino superior da Hungria. Além de manter contato com uma cultura milenar, vão receber ensino de qualidade gratuito, com ajuda de custo para alimentação, seguro saúde e subsídio para moradia. As inscrições vão até 15 de janeiro de 2019.

Se você ficou interessado em participar do processo seletivo, preencha o formulário de inscrição online. Além disso, precisará apresentar os resultados do exame de proficiência em inglês, uma carta de motivação, seu histórico escolar e diplomas, um atestado médico e uma cópia do seu passaporte (válido). Candidatos ao doutorado devem adicionar uma proposta de pesquisa e duas cartas de recomendação a essa documentação.

Antes de iniciar sua candidatura, é importante que você leia atentamente o 

Documento

. Mais detalhes sobre as bolsas de estudo na Hungria podem ser encontrados AQUI.

Em 2017, mais de quatro mil alunos foram beneficiados pelo Stipendium Hungaricum. Para 2019, pelo menos cinco mil novos bolsistas são esperados no país. As aulas começam em setembro de 2019.

>> Saiba mais sobre a Hungria, suas universidades e cursos disponíveis no site Study in Hungary.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais.
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no FacebookTwitter Instagram. 

Tendências: