Fundação Carolina oferece 594 bolsas para estudar na Espanha

Fundação Carolina oferece 594 bolsas para estudar na Espanha

Andrea Tissenbaum

08 de março de 2022 | 07h54

Foto: Sam Williams, via Unsplash

Foto: Sam Williams, via Unsplash

A convocatória soma um total de 171 programas acadêmicos, dos quais 143 são de pós-graduação. Inscrições até 15/03 ou 07/04, confira!

A Fundação Carolina acaba de abrir as inscrições para suas bolsas de estudo 2022-2023. Nesta 22ª edição estão disponíveis 594 bolsas em todas as áreas de conhecimento, divididas nas seguintes modalidades: 236 bolsas de pós-graduação, 90 bolsas de doutorado e estâncias curtas de pós-doutorado, 27 bolsas de mobilidade para professores e 121 bolsas de estudos institucionais, incluindo 120 renovações de bolsas de doutorado. A convocatória soma assim um total de 171 programas acadêmicos, das quais 143 são de pós-graduação.

A convocatória se adequa ao marco das “Bolsas de Cooperação Espanhola”, integrada pelas bolsas da Fundação Carolina e da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID). Seu desenho atende tanto os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 como a perspectiva da “tríplice transição” — digital, ecológica e social — que desafiam as sociedades a serem mais justas, sustentáveis e inclusivas.

Sendo assim, nesta edição, as bolsas da Fundação Carolina enfatizam especialmente campos como a sustentabilidade urbana, a segurança alimentar, a saúde psicológica e os estudos de gênero. Além disso, a convocatória segue com os programas STEM, destinado particularmente às mulheres; e aos bicentenários, dirigidos a países da América Central.

Confira as modalidades de bolsas de estudo da Fundação Carolina:

– Bolsas de pós-graduação. Dirigidas a formação de graduados procedentes de um país membro da Comunidade Ibero-americana de Nações, com capacitação acadêmica ou profissional garantida por um currículo excepcional e uma trajetória de compromisso com a sociedade. O programa oferece duas modalidades de apoio: bolsas e ajudas de estudo, combinadas com mestrado, títulos próprios e cursos de especialização.

– Bolsas de doutorado e estâncias curtas de pós-doutorado. Têm o objetivo de facilitar que docentes procedentes de universidades latino-americanas obtenham um doutorado em centros espanhóis, promovendo a geração de redes científicas entre as instituições de ambos os lados do Atlântico.

– Programas de mobilidade para professores. Concedem a docentes ou investigadores de universidades argentinas, brasileiras e do Grupo Tordesilhas de Universidade um período curto de pesquisa na Espanha.

– Programas de Bolsas e Estudos Institucionais. Trata-se de ajuda para financiar planos de formação em centros espanhóis favoráveis ao fortalecimento institucional das administrações públicas latino-americanas.

A convocatória geral para bolsas de pós-graduação e estudos institucionais permanecerá aberta até 15 de março de 2022, às 9.00h (horário espanhol). Para as bolsas de doutorado, estâncias curtas, programas de mobilidade para professores e estudos institucionais as inscrições permanecem abertas até 7 de abril. Confira todos os detalhes das bolsas da Fundación Carolina AQUI.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais.
Entre em contato: tissenglobal@gmail.com

Siga o Blog da Tissen no InstagramFacebook e Twitter.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.