Estudar em Bordeaux, no Sul da França

Estudar em Bordeaux, no Sul da França

Andrea Tissenbaum

27 Fevereiro 2018 | 17h27

Place Gambetta, Bordeaux | Foto: DaveM93, via Wikimedia Commons

Place Gambetta, Bordeaux | Foto: DaveM93, via Wikimedia Commons

Cidade estudantil dinâmica, Patrimônio Mundial da Humanidade, a revitalizada Bordeaux é um destino surpreendente. 

Conhecido pelo nome de Midi, Sul da França está localizado ente a Península Ibérica e a Itália. Se você está à procura de um destino de estudo bem próximo ao mar, com paisagens lindas que parecem saídas de filmes, este pode ser o seu!

Banhado pelo mediterrâneo, o Midi é uma das principais e mais populares regiões turísticas do país. Incorporado à França em 1860, mantém até hoje forte influência das culturas espanhola e italiana pelas cidades da região.

Sul da França | De?partements + re?gions France via Wikimedia Commons

Sul da França | De?partements + re?gions France via Wikimedia Commons

Bordeaux é a capital e a maior cidade do departamento da Gironda e da região Nova Aquitânia, no sudoeste de França. Porto na margem sul do Rio Garonne, tem pouco mais de 236 mil habitantes.

Cidade da arte e da história, desde 2007 é Patrimônio Mundial da Humanidade, por seu maravilhoso conjunto arquitetônico do século 18.

Bordeaux é também mundialmente famosa desde a Idade Média por suas vinícolas. Se você já tomou um vinho Bordeaux, tinto ou branco, saiba que ele vem dessa região. É graças à essa fama que a cidade ganhou um museu do vinho, chamado La Cité du Vin, cuja arquitetura se baseou no movimento que a bebida faz ao ser despejada na taça. A visita ao museu é uma experiência sensorial imperdível – inclui hologramas sobre episódios históricos em seus 19 espaços temáticos e a degustação de dez vinhos diferentes.

Cite? du Vin em Bordeaux | Foto: Ian Grandjean, via Flickr

Cite? du Vin em Bordeaux | Foto: Ian Grandjean, via Flickr

Em seu tempo livre, você também poderá visitar algumas das vinícolas mais famosas da região, como o Château Bardins, em Pessac-Léognan e o Château La Dominique, em Saint-Émilion. Mas estes são apenas alguns exemplos da produção local, uma vez que há mais de 10 mil propriedades produtoras, das quais muitas são abertas à visitação. No entanto, a visita deve ser agendada com antecedência – diretamente com a vinícola ou através do Escritório de Turismo de Bordeaux.

Vinícola na região de Bordeuax | Foto: Michael Clarke, via Wikimedia Commons

Vinícola na região de Bordeuax | Foto: Michael Clarke, via Wikimedia Commons

Nas últimas décadas, Bordeaux, conhecida como a “Bela Adormecida”, passou por um processo de revitalização. O intuito foi atrair turistas que queriam fugir do comum e conhecer outros recantos da França. Paredes de prédios históricos foram lavadas, novos pontos turísticos foram inaugurados, bairros foram renovados e parques construídos. As margens do Rio Garonne também foram transformadas e hoje a esplanada é ponto de encontro de locais e turistas. Além disso, uma nova linha de trem deve ser inaugurada em 2018 ligando a cidade à Paris em apenas duas horas.

Eric Baker

Parque – Esplanada Rio Garonne, Bordeaux | Foto: Eric Baker, via Filckr

Falando em mobilidade, Bordeaux tem um excelente sistema de transporte público, o  TBMTransports Bordeaux Métropole. Nele, uma passagem única de metrô, ônibus ou barco custa apenas € 1,60. E para quem quer fazer uma visita rápida, o City Pass, de um dia, permite acesso a qualquer transporte público e a museus, Jardins Botânicos e passeios guiados a um custo de € 29.

Se você gosta de pedalar, esta é uma cidade conhecida por ser bike-friendly. Com seus 200 quilômetros de ciclovias, Bordeaux atende à demanda dos habitantes que já optaram por esse transporte. O sistema de compartilhamento público de bikes da cidade, chamado V3, permite que você alugue uma bicicleta por 24 horas a € 1,60. Gostando da experiência, você pode adquirir o pacote de sete dias por € 7. Uma outra opção é comprar uma bike ao chegar na cidade e aderir aos hábitos locais.

As bikes de Bordeaux | Foto: Olga Berrios, via Flickr

As bikes de Bordeaux | Foto: Olga Berrios, via Flickr

No entanto, quando for passear pelo centro histórico, faça questão de ir a pé! A região é compacta, recheada de uma arquitetura encantadora e lojinhas de todos os tipos. Ali encontram-se a catedral gótica de Saint André, que se destaca na paisagem, o Grand Théâtre e o Museu de Belas Artes.

Place de la Bourse, Bordeaux | Foto: Xellery, via Wikimedia Commons

Place de La Bourse, Bordeaux | Foto: Xellery, via Wikimedia Commons

Provavelmente, a construção mais imponente de Bordeaux é o antigo prédio da Bolsa, localizado na famosa Place de La Bourse. À sua frente, encontra-se o maior espelho d’água do mundo, criado em 2006. Aberto ao público, seus jatos de água são um convite para uma gostosa brincadeira, não importa a idade.

Os jatos do Espelho D'água da Place de La Bourse | Foto: Foto Tony Hisgett, via Wikimedia Commons

Os jatos do Espelho D’água da Place de La Bourse | Foto: Foto Tony Hisgett, via Wikimedia Commons

Bordeaux oferece algumas excelentes opções de instituições de ensino superior. A Université de Bordeaux, terceira maior da França, foi fundada em 1441. Em 2014, após uma fusão, passou a integrar Bordeaux I, Université Bordeaux-Segalen e a Université Bordeaux-Montesquieu. Classificada entre as melhores do país pela qualidade de seus cursos e pesquisas acadêmicas, é uma instituição internacional multidisciplinar. Com 48 mil alunos e 4 mil professores, oferece cursos nas mais diversas áreas do conhecimento, da graduação ao doutorado.

Université de Bordeaux | Foto: Axel Leroy, via Wikimedia Commons

Université de Bordeaux | Foto: Axel Leroy, via Wikimedia Commons

Aproximadamente 13% dos estudantes da Université de Bordeaux são estrangeiros. A instituição oferece cursos em inglês e espanhol e tem interesse em atrair cada vez mais estudantes internacionais ao seu corpo discente. Além disso, integra o programa de bolsas de estudo Erasmus Mundus.

O famoso instituto de estudos políticos Sciences Po, também tem uma escola em Bordeaux. Com pouco mais de dois mil alunos, dos quais 20% são estrangeiros, oferece cursos em francês ou inglês nos campos da ciência política, relações internacionais, economia, estudos europeus, direito ou ciências sociais.

Université Bordeaux-Montaigne | Foto: DaveM93, via Wikimedia Commons

Université Bordeaux-Montaigne | Foto: DaveM93, via Wikimedia Commons

Outra boa opção para quem quer estudar Engenharia Agronômica, Enologia, Viticultura, Biologia, Agrociência e áreas afins é a Bordeaux Sciences-AgroBordeaux-Montaigne e as escolas de engenharia do Bordeaux INP de Aquitaine, também merecem destaque.

A cidade oferece uma ampla variedade de acomodações estudantis, embora as mais comuns sejam as das próprias instituições de ensino e o aluguel de uma propriedade particular. E, apesar do custo de vida alto, estudantes de várias partes do mundo se viram bem em Bordeaux, encontrando opções baratas e divertidas para o seu cotidiano.

Anime-se, Bordeaux espera por você!

>> Leia mais sobre estudar na França:

> Saiba mais sobre Estudar na França

Bolsas Eiffel para mestrado e doutorado na França

> Candidaturas abertas para graduação e pós na França

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no FacebookTwitter e Instagram.