Bolsas para mestrado em Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática no Reino Unido

Bolsas para mestrado em Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática no Reino Unido

Andrea Tissenbaum

08 de fevereiro de 2021 | 12h26

Foto: Science in HD, via Unsplash

Foto: Science in HD, via Unsplash

Destinadas a mulheres, as British Council Scholarships for Women in STEM são oferecidas em parceria com 19 universidades britânicas.

Acabar com a lacuna de gênero na área de STEM é uma estratégia fundamental para a conquista do quinto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que busca alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas, para além das consequências óbvias e com implicações surpreendentes.

Criado com essa finalidade, o programa British Council Scholarships for Women in STEM, lançado pelo British Council em parceria com 19 universidades do Reino Unido, é destinado exclusivamente a mulheres com formação nas áreas de Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM em inglês).

Mulheres que consigam demonstrar a necessidade de apoio financeiro e que tenham o desejo de inspirar futuras gerações a seguirem carreira nessas áreas devem se candidatar. O programa quer apoiar aquelas que já atuam nesse âmbito a conquistarem posições de liderança e a realizarem redes de conexão com colegas na América Latina e no Reino Unido.

Os benefícios completos de cada bolsa de estudos podem variar de acordo com as universidades participantes. No entanto, as bolsas fornecidas buscam cobrir os seguintes itens:

– Mensalidades dos cursos
– Auxílio financeiro por até 15 meses, incluindo o auxíio moradia
– Subsídio para crianças como acompanhante e apoio especial para mães solteiras.
– Curso de inglês, se necessário, para atender os requisitos de idioma da universidade
– Inscrição no exame de proficiência IELTS
– Passagens aéreas para o Reino Unido
– Custos com visto e seguro saúde

Para inscrever-se é preciso:

– Ser mulher
– Ser residente permanente e possuir passaporte brasileiro
– Possuir graduação completa e estar livre para iniciar em um programa de pós-graduação em setembro de 2021
– Não possuir formação anterior – graduação ou pós graduação – em uma universidade britânica ou ter vivido recentemente no Reino Unido
– Atingir o nível de Inglês solicitado pela universidade do Reino Unido de seu interesse ou conseguir alcançar a nota necessária após um curso preparatório em língua inglesa
– Demonstrar necessidade de apoio financeiro por meio de um teste conduzido pelo parceiro universitário no Reino Unido
– Retornar ao país de origem por, no mínimo, dois anos, após a finalização do programa de estudos na universidade britânica

Apesar da maioria dos prazos finais para envio de candidaturas às bolsas de estudos acontecem em março de 2021, as datas chave variam de acordo com as universidades participantes, portanto fique atenta. Informações específicas podem ser consultadas nos sites das instituições. Para mais informações sobre a bolsa de estudos, acesse a página do programa.

Universidades participantes: Imperial College London, Bangor University, Cranfield University, Durham University, Robert Gordon University, University of Bristol, University of Wolverhampton.

A University of York, que ainda não tem uma página, oferece programas nas seguintes áreas de estudo:

– Biotecnologia Ciências Biomédicas
– Química Verde e Tecnologia Sustentável Industrial
– Economia Ambiental e Gestão Ambiental
– Ciência Ambiental e Administração
– Gestão de Sustentabilidade Empresarial e Ambiental
– Ciências da Sustentabilidade
– Estudos sobre Sustentabilidade
– Saúde Pública Pesquisas de Saúde Economia da Saúde

Interessadas devem enviar um e-mail para: jenny.hogg@york.ac.uk

Candidatas devem informar no formulário de inscrição que estão ativas na área com experiência de trabalho, ou que possuem interesse com- provado nos temas do programa ao qual estão se candidatando. Também devem estar dispostas a demonstrar uma contribuição futura para o fortalecimento de capacidades e de avanços socioeconômicos, por meio dos benefícios alcançados após a bolsa de estudos no Reino Unido e retorno ao seu país de origem. Seu entusiasmo em engajar outras mulheres e meninas nas áreas relacionadas a STEM em seu país de origem será avaliado.  Além disso, devem concordar que seus dados pessoais sejam compartilhados com o British Council, como condição para se inscrever na bolsa de estudos.

Bolsistas selecionadas manterão contato com o British Council e atuarão como embaixadoras do Reino Unido, se envolvendo em atividades paralelas à British Council Scholarships for Women in STEM, durante e após o período de estudos na universidade britânica. Qualquer atividade que aconteça enquanto a bolsista selecionada realiza seus estudos não terá duração maior do que cinco horas.

Você quer continuar estudando e se desafiando com tudo que STEM tem para oferecer? Aproveite esta oportunidade!

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais.
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no FacebookTwitter e Instagram.

Fonte: British Council Brasil

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.