Bolsas para jornalistas latino-americanos na Alemanha

Bolsas para jornalistas latino-americanos na Alemanha

Andrea Tissenbaum

08 de agosto de 2019 | 08h34

Bolsas para jornalistas | Redação do Die Welt na Alemanha | Foto: ASUKomm, via Wikimedia Commons

Bolsas para jornalistas | Redação do Die Welt na Alemanha | Foto: ASUKomm, via Wikimedia Commons

Jovens jornalistas poderão trabalhar por dois meses em uma redação alemã e conhecer a realidade do país. Inscrições até 16/09!

Bolsas para jovens jornalistas são raríssimas, especialmente quando oferecem uma experiência profissional em uma redação no exterior, como o Internationale Journalisten-Programme – IJP.

Fundado em 1981 por jornalistas alemães, o IJP é uma organização independente que se dedica a apoiar jovens profissionais talentosos e a promover o intercâmbio de ideias entre a Alemanha e outros países. Desde 1997, oferece anualmente uma bolsa de intercâmbio entre a Alemanha e a América Latina.

Durante um estágio não remunerado de dois meses em um veículo de comunicação alemão, jornalistas latino-americanos se familiarizam com a realidade política e econômica da Alemanha, e conhecer um pouco mais sobre a cultura e mentalidade local. E o trabalho diário em uma redação, assegura o contato com jornalistas alemães, a criação de laços profissionais e de amizade, e a participação em uma extensa rede de ex-bolsistas do IJP.

O programa começa no final de fevereiro de 2020, com um seminário introdutório em Berlim, no qual também estarão presentes os bolsistas alemães. Na sequência, os participantes latino-americanos começam a trabalhar nas respectivas redações-anfitriãs na Alemanha. No final de março, o Instituto Goethe organiza uma viagem de uma semana por algumas cidades alemãs. A despedida acontece no último fim de semana de abril de 2020.

O IJP é direcionado a jornalistas profissionais com idade entre 25 e 38 anos e bom conhecimento da língua alemã. Em casos excepcionais, fluência em inglês e espanhol podem ser suficientes. Estudantes não podem participar.

Candidatos devem estar trabalhando no Brasil, em tempo integral, como jornalistas ou colaboradores em um veículo de comunicação: jornal, revista, televisão, rádio ou online. Profissionais de redações de empresas públicas de comunicação podem participar. No entanto, o programa não permite a inscrição de profissionais atuantes no serviço público ou em agências de relações públicas (como assessorias de imprensa).

A bolsa de 3.600 euros deve cobrir todas as despesas dos jornalistas selecionados, incluindo viagens, acomodação e alimentação na Alemanha. O IJP não se responsabiliza por gastos extras, então é bom levar uma reserva. Os custos de hospedagem durante o seminário de introdução serão cobertos pela organização do programa.

Interessados devem enviar suas candidaturas completas em um único documento em PDF para o e-mail pr-100@saop.diplo.de até o dia 16 de setembro de 2019.

>> Documentos a serem apresentados na inscrição:

  • Currículo (de preferência em alemão) com endereço, telefone pessoal e profissional e e-mail. Espera-se que o candidato comprove, de alguma maneira, os conhecimentos de idioma exigidos.
  • Carta de motivação (máximo de duas páginas, de preferência em alemão) contendo o motivo pelo qual o candidato deseja participar do programa, o interesse pela Alemanha e o veículo em que deseja trabalhar durante a bolsa. Jornalistas de televisão devem explicar também como pretendem produzir reportagens na Alemanha, já que o IJP não disponibiliza câmeras ou material audiovisual.
  • Três cópias de textos publicados que ofereçam uma amostra de sua capacidade profissional. Se o candidato trabalhar em televisão ou rádio, é possível anexar endereços na internet onde os trabalhos podem ser encontrados.
  • Uma carta de recomendação do redator-chefe do veículo de comunicação em que trabalha (em português), contendo uma descrição da capacidade profissional do jornalista. A carta deve autorizar o interessado a participar do programa por dois meses.
  • Três ideias de pautas que o candidato gostaria de produzir durante a bolsa na Alemanha (máximo de 600 caracteres por pauta). Os assuntos não precisam ser necessariamente atuais.

O resultado será anunciado aos bolsistas selecionados até começo de novembro. Candidatos que não receberem a bolsa serão informados até o começo de dezembro.

Conheça todos os detalhes do Internationale Journalisten-Programme – IJP AQUI.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais.
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no InstagramFacebook Twitter.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.