Bolsas para graduação e pós-graduação na Nova Zelândia

Bolsas para graduação e pós-graduação na Nova Zelândia

Andrea Tissenbaum

17 de outubro de 2019 | 07h54

Massey University, Nova Zelândia | Crédito: Divulgação

Massey University, Nova Zelândia | Crédito: Divulgação

A Massey University está oferecendo bolsas parciais para graduação e pós em Humanidades, Ciências Sociais Aplicadas e Artes. Inscrições até 01/12.

Classificada entre as melhores instituições de ensino do mundo nos índices 2019 do QS World University Rankings Times Higher Education, a Massey University está com inscrições abertas para suas International Excellence Scholarship. Reconhecida por sua tradição, excelência acadêmica e pesquisa de ponta, a universidade tem seus campi localizados nas cidades de Auckland, Palmerston North e Wellington. Massy tem parceria com mais de 200 instituições de ensino de diversos países, e oferece uma variedade considerável de programas para seus mais de quatro mil alunos. 

Destinada a estudantes interessados em fazer uma graduação em design, artes plásticas, produção de mídia criativa ou música comercial, a Massey University College of Creative Arts International Excellence Scholarship tem por objetivo atrair alunos internacionais com excelente desempenho acadêmico. O valor total da bolsa é de 20 mil dólares neozelandeses para programas de quatro anos, e de 15 mil dólares neozelandeses para programas de três anos (NZD $5 mil para cada 120 créditos matriculados).

Já as Massey University College of Humanities and Social Sciences International Excellence Scholarships, também destinadas a novos alunos, oferecem a possibilidade de cursar um programa de graduação ou pós-graduação (excluindo o Doutorado) no College of Humanities and Social Sciences. O valor total destas bolsas é de 20 mil dólares neozelandeses para programas de graduação (quatro anos), e de 10 mil dólares neozelandeses para programas de pós-graduação (dois anos) – NZD $5 mil para cada 120 créditos matriculados.

O prazo de inscrição para ambos os processos seletivos é 1º de dezembro de 2019. Mas fique ligado, para concorrer às International Excellence Scholarships é preciso ter sido aceito para um dos programas da universidade.

>> O que é preciso para concorrer às duas bolsas:

  1. Ser um aluno novo na Massey University.
  2. Atender a todos os requisitos de admissão do programa.
  3. Ter sido aceito e estar matriculado em um programa de graduação do College of Creative Arts, e de graduação ou pós-graduação (excluindo o PhD) do College of Humanities and Social Sciences.
  4. Cursar o programa e manter a média de notas (GPA) exigida no primeiro ano e nos anos subsequentes.
  5. Apresentar excelente desempenho acadêmico. Para os fins desta bolsa, o mérito acadêmico é avaliado como uma média de notas em pontos, determinada pela Universidade Massey.

Confira a documentação a ser apresentada exigida pela universidade, AQUI.

As oito universidades da Nova Zelândia, todas altamente conceituadas em pesquisa, fazem parte do grupo das 500 melhores do mundo, segundo o conceituado Quacquarelli Symonds World University Rankings.  São elas: University of Auckland, University of Otago, University of Canterbury, Victoria University of Wellington, University of Waikato, Massey University, Lincoln University e Auckland University of Technology.   

Vale lembrar que a Nova Zelândia, além de ser o país de língua inglesa mais pacífico do mundo, oferece uma qualidade de vida excepcional. Em 2018, foi destacada pela revista The Economist, por meio do estudo Worldwide Educating for the Future Index, como o país que melhor prepara seus alunos para o futuro.  

>> Leia mais:

> Estudar em Auckland, Nova Zelândia

> Estudar em Wellington, Nova Zelândia

> Já pensou em estudar e trabalhar na Nova Zelândia?

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais.
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no InstagramFacebook Twitter.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: