Bolsas de estudo para mulheres na Universidade da Califórnia – UCLA

Bolsas de estudo para mulheres na Universidade da Califórnia – UCLA

Andrea Tissenbaum

29 de março de 2019 | 17h05

Santander - Programa W50 - Anderson School of Management, UCLA | Créditos: divulgação

Santander – Programa W50 – Anderson School of Management, UCLA | Créditos: divulgação

Se você é mulher, com ampla experiência no mercado de trabalho e alto potencial, este programa é imperdível! Inscrições até 29/04.

O Santander, em parceria com a Anderson School of Management da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), acaba de abrir as inscrições para o Programa W50. 

Em sua sétima edição, o W50 destina-se principalmente a candidatas que se formaram em universidades da rede Santander, com ampla experiência de trabalho e alto potencial, caracterizado por sua motivação e compromisso com objetivos pessoais e organizacionais. O objetivo é capacitar a próxima geração de mulheres para cargos de liderança globais, fortalecer o relacionamento institucional com universidades e reafirmar o compromisso do Banco com a educação. Além disso, o programa visa desenvolver o autoconhecimento, valorizar a diversidade de estilos de liderança e criar uma rede de relacionamento entre mentores. 

O curso acontecerá entre os dias 23 e 28 de junho de 2019.  A experiência de seis dias no campus é o centro dessa jornada de liderança de três meses. O programa incluirá trabalhos prévios, extensas avaliações e análises posteriores, para reforçar os insights obtidos e mensurar o progresso das participantes, direcionando a aplicabilidade do que aprenderam em seus locais de trabalho. 

Gabriela Werner, 37 anos e sócia fundadora do ImpactHub Floripa, foi uma das selecionadas em 2018. Segundo ela, a oportunidade foi extraordinária. “Por uma semana aprendemos sobre governança, negócios e liderança com professores da UCLA, investidores de várias partes do mundo e executivos de empresas como Netflix e Disney. Além dos conteúdos e vivências, saímos de lá com uma rede bem poderosa de mulheres executivas, investidoras e líderes nas suas indústrias, em países como Brasil, México, Espanha, Inglaterra e Quênia. O resultado esperado é termos mais mulheres nos conselhos das empresas e sermos protagonistas”.

As inscrições vão até 29 de abril de 2019, e podem ser feitas através do site do programa. As 45 mulheres selecionadas receberão uma bolsa de estudo Santander que inclui deslocamento, hospedagem, curso e materiais a serem utilizados. A proficiência em inglês é requisito indispensável para que as candidatas sejam aprovadas.

Sobre o Santander Universidades
O Santander foi reconhecido pelo ranking Global Fortune 500 como a empresa que mais investe em educação no mundo. Criado há mais de 20 anos, o Santander Universidades é pioneiro em desenvolver uma oferta adequada para cada fase de vida do estudante e investe fortemente na educação superior: desde 1996, foram mais de ‎€1,6Bi em todo o mundo. Até hoje, já foram concedidas mais de 290 mil bolsas de estudos em 21 países, nos quais mantém parceria mais de 1,1 mil universidades. No Brasil, são mais de 300 grupos conveniados.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no InstagramFacebook e Twitter.

 

Tendências: