Bolsa Chanceler Alemã para futuras lideranças

Bolsa Chanceler Alemã para futuras lideranças

Andrea Tissenbaum

20 de abril de 2021 | 09h43

German Chancellor Fellowship | Brandenburger Tor | Foto: Jan Patrick Meyer, via Unsplash

German Chancellor Fellowship | Brandenburger Tor | Foto: Jan Patrick Meyer, via Unsplash

São 10 bolsas para brasileiros, oferecidas pela Fundação Alexander von Humboldt. Dia 23/04, não perca a live com os nossos oito German Chancellor Fellows 2020/2021.

A Fundação Alexander von Humboldt está buscando por líderes do futuro para participar de seu programa anual de bolsas, German Chancellor Fellowship. Destinado a profissionais formados, com visão internacional e experiência inicial de liderança, o programa busca por potenciais tomadores de decisão, multiplicadores de conhecimento e formadores de opinião.

Promovidas pelo Federal Chancellor of the Federal Republic of Germany, até 60 bolsas são concedidas anualmente. Dez delas são destinadas ao Brasil.

As bolsas oferecem a oportunidade de passar um ano na Alemanha junto a uma rede de outras lideranças internacionais, com o objetivo de explorar novas soluções para as questões globais de nosso tempo. Além da intensa vivência internacional, a experiência expande os conhecimentos e amplia a interculturalidade dos profissionais participantes.

Ao longo de sua estadia na Alemanha, os German Chancellor Fellows desenvolvem projetos de pesquisa em instituições anfitriãs, onde são supervisionados por profissionais que eles próprios selecionam, com o nível de especialização necessário para orientá-los. Esses projetos devem ter relevância social e impacto visível publicamente a longo prazo. Após o término da bolsa, atuam como pontes entre seus países e a Alemanha, e continuam a fazer parte da Rede Humboldt mundial, através da qual ex-alunos se mantém em permanente contato.

No dia 23 de abril, às 16hs, os oito brasileiros que receberam a German Chancellor Fellowship 2020/2021 vão contar suas experiências e responder dúvidas dos interessados. A live é gratuita e acontece no canal Youtube do Tipps – Estudar e Pesquisar na Alemanha

>> O que é necessário para fazer a candidatura:

– Ter cidadania brasileira
– Trabalhar em áreas relacionadas a política, negócios, mídia, administração, sociedade ou cultura
– Demonstrar experiência inicial com liderança
– Ter completado uma graduação ou titulação correspondente há não mais de 12 anos até o dia 1 de outubro de 2021
– Desejar conduzir um projeto de pesquisa independente com um anfitrião (host) de sua escolha na Alemanha
– Ter bom conhecimento de inglês e/ou alemão

Vale reforçar que antes de fazer sua inscrição, você deve discutir os detalhes do seu projeto com o anfitrião (host) de sua escolha. Ele/Ela pode ser qualquer pessoa que trabalhe em uma instituição pública ou privada na Alemanha, com experiência relacionada ao seu projeto. Use seus contatos profissionais ou pessoais. Você conhece alguém que tenha conexões com a Alemanha e possa ajudá-lo a encontrar pessoas ou encaminhá-lo? Fale com empresas ou organizações alemãs em seu país que possam lhe apresentar contatos na Alemanha. O Instituto Goethe, a embaixada e o consulado alemão ou a Câmara de Comércio Alemã são excelentes pontos de partida! Saiba AQUI como encontrar seu Host.

>> Documentos a serem apresentados:

– Carta de motivação na qual vai contar o que o/a motiva, sua experiência de liderança e seus objetivos de carreira
– Seu projeto: descreva o projeto que desenvolveu e acordou com seu anfitrião antes de fazer sua inscrição. Por que seu projeto é importante para a sociedade e como você poderá construir pontes entre a Alemanha e seu país no futuro?
– Declaração (Extensive Declaration), incluindo o contrato de mentoria com seu anfitrião na Alemanha
– Duas cartas de recomendação (com não mais de 12 meses) de pessoas que podem oferecer informações sobre sua formação profissional, pessoal e / ou acadêmica

O que a bolsa oferece:

– Apoio financeiro mensal de 2.170, 2.470 ou 2.770 euros – dependendo da formação e nível de carreira do candidato
– Um curso intensivo de alemão antes de suas atividades começarem formalmente e financiamento para cursos de alemão durante sua estada na Alemanha
– Suporte individual durante sua estadia na Alemanha
– Apoio financeiro adicional para familiares acompanhantes, despesas de viagem, seguro saúde ou para um curso adicional de alemão
– Participação em eventos conjuntos onde os bolsistas experimentam o intercâmbio intercultural profissional e pessoal com outros bolsistas do seu grupo anual e obtém percepções sobre a cultura e a sociedade alemãs
– Participação em atividades de rede que permitem que os bolsistas colaborem em grupos e organizem independentemente redes menores com outros colegas
– Uma viagem de estudo de duas semanas pela Alemanha, bem como uma série de eventos onde os bolsistas podem se conectar com outros colegas e encontrar representantes de empresas e instituições alemãs
– Amplo apoio de ex-alunos, especialmente para estabelecer conexões de longo prazo com seus parceiros de cooperação na Alemanha ao longo de toda a sua carreira profissional

As candidaturas serão aceitas até o dia 15 de outubro de 2021. O prazo, parece bem distante mas não é, porque há muito a fazer até lá. Todos os detalhes, incluindo edital e formulários, podem ser encontrados AQUI. As atividades da German Chancellor Fellowship terão início em 1 outubro de 2022.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais.
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no FacebookTwitter e Instagram.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.