Muito líquido, frutas, legumes. Qual é a alimentação adequada na temporada mais quente do ano?

Muito líquido, frutas, legumes. Qual é a alimentação adequada na temporada mais quente do ano?

Do Colégio

23 Outubro 2015 | 11h49

Um dos períodos mais aguardados pelas crianças é o verão. Durante essa estação, as altas temperaturas estimulam a criançada a brincar mais do que o normal, gastando mais energia, perdendo líquidos e sais minerais com a transpiração. Por isso os pais devem ter cuidado redobrado com a alimentação e hidratação dos pequenos.  Segundo a nutricionista Rebecca Isaac, consultora do colégio Aprendendo a Aprender (do Grupo A Educacional), é essencial alimentar-se bem nos dias quentes. “Não parece, mas as pessoas precisam da energia dos alimentos, sem falar dos micronutrientes e compostos bioativos, os antioxidantes”, explica a profissional.

Fruta é uma boa pedida para o verão. Foto: Divulgação

Fruta é uma boa pedida para o verão. Foto: Divulgação

Saiba o que é adequado para a temporada:

 

A – Hidratação é fundamental nesses dias, principalmente nos períodos mais secos, quando o cuidado deve ser maior. Crianças de 1 a 3 anos precisam consumir 900 mL de líquidos (de preferência água ou água de coco) por dia, crianças da faixa dos 4 a 8 anos precisam de 1200 mL, enquanto adultos necessitam de 35mL a cada quilo de peso. Por exemplo, uma mulher de 60kg deve ingerir 2100mL/dia.

 

B – O melhor repositório hidroeletrolítico é a água de coco natural. Esqueça repositores repletos de corantes e aditivos químicos, seu corpo precisará de mais água e nutrientes para eliminá-los. Refrigerantes, além de conter muito açúcar, também são ácidos. Assim, o organismo precisa de 32 copos de água para cada um de refrigerante, só para alcalinizar o sistema digestivo. Sem falar nos outros malefícios dos refrigerantes, como já foi mencionado.
C – O verão pede maior consumo de vegetais (verduras, legumes e frutas), tendo o cuidado de escolher os itens mais frescos no mercado e nas feiras.

D – O ideal é consumir a salada de frutas sem açúcar, e sim com um tipo de suco (maracujá, laranja). Se for necessário adoçar, o preferível é acrescentar uma colher de chá de açúcar demerara para uma porção de salada. Também fica gostoso enfeitar essa sobremesa com semente de girassol e gergelim.

 Refeições leves para os dias mais quentes. Foto: Daniel Guimarães

Refeições leves para os dias mais quentes. Foto: Daniel Guimarães

E –  Frutas frescas servidas com mix de nozes são ótimos petiscos no verão.

F – Para matar a sede e ao mesmo tempo nutrir, faça sucos variados: beterraba, melancia e gengibre; couve ou espinafre com cenoura e acerola carregam muitos nutrientes e são refrescantes.

G – Frutas tipo berries (açaí – sem xarope de glicose, jabuticaba, morango, amora, framboesa, mirtilo) e semente de abóbora também trazem nutrientes importantes.

H – Ideias gostosas e saudáveis para as crianças são os frapês (smoothies) e os sorvetes caseiros. É simples de preparar, basta processar frutas congeladas como banana, morango, manga. Pode-se pode adicionar tâmaras para adoçar e chocolate ou oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas) para mudar o sabor e deixar crocante).

I – Finalmente, cuidado como os alimentos de difícil digestão, como frituras (salgadinhos, batata frita, hambúrguer,  etc), e as carnes gordurosas, além dos alimentos processados, pois eles prejudicam o trato digestivo e intoxicam o fígado. Opte por carnes magras, peixe ou frango, acompanhados por arroz, legumes ou massa nas refeições de verão.