Passaporte brasileiro, um show de organização!

Estadão

17 Março 2010 | 19h06

O título é irônico com certeza! Imagina que você vai viajar para o exterior com seus filhos e ao chegar no aeroporto você descobre que esqueceu a única coisa que você não pode esquecer para viajar para o exterior! O passaporte? Não!! Você esqueceu a certidão de nascimento dos seus filhos!!!! Como assim? Você não entendeu? Pois bem, aí começa o show de organização do nosso querido país.

Há alguns anos houve a grande discussão sobre a mudança do passaporte. Tínhamos o grande “verdão”, acusado de fácil falsificação! Acho que todo mundo lembra, muita gente ainda o tem. Depois de muito bafafa chegou-se a idéia de mudar para um novo modelo, um pouco menor, que não aderiu ao chip (como o europeu) e com data de vencimento de 5 anos. Até então era somente a sensação de que era pior do que qualquer outro e pronto!

Mas acontece que alguém, ainda não sei quem, esqueceu de incluir no passaporte brasileiro os nomes dos pais do dono do passaporte. O tipo de coisa que só quem tem filho menor de idade lembraria, ou um departamento administrativo sério!

Agora, imagine que você quer viajar nas suas férias e ir para a Rússia (que é o nosso caso),  para que seus filhos possam receber o visto passa a ser necessário apresentar o passaporte e mais a certidão de nascimento traduzida e juramentada (pois alguém esqueceu de incluir os nomes dos pais no passaporte). Situação de primeira para dar uma bela de uma dor de cabeça para quem está no Brasil, ainda mais para quem está fora! Mas isso não é tudo!

Agora, imagine qual é a grande dificuldade de falsificar uma certidão de nascimento! Qualquer pessoa que tenha uma criança brasileira nos braços com um passaporte e uma certidão de nascimento (essa sim fácil de fraudar) pode levar seu filho para qualquer lugar!

Desculpe a crueldade, mas do jeito que o nosso país é, fico imaginando que isso tudo é parte de um grande esquema para facilitar roubo de crianças brasileiras, porque aceitar que é só incompetência parece demais!!!

Estou louco por ouvir as explicações da repartição!