Veja qual é o perfil indicado para cada pós em agronegócio

Mestrado profissional e MBAs têm ênfases diferentes e atendem profissionais com e sem experiência na área

Natália Cacioli, especial para o Estado, O Estado de S. Paulo

24 Janeiro 2015 | 16h00

O crescimento e a diversificação do agronegócio têm feito as instituições de ensino direcionarem cada vez mais os currículos de seus cursos de pós-graduação para atender a necessidades específicas. Há cursos que só aceitam profissionais com experiência no mercado, enquanto outros oferecem uma visão geral da área para quem quer ingressar no setor. Veja abaixo qual é mais indicado para o seu perfil.

Mestrado Profissional em Agronegócio da FGV

Curso stricto sensu feito em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq-USP). Indicado para profissionais com alguns anos de experiência na área e que buscam cargos de liderança e de posicionamento estratégico em empresas. O mestrado profissional se diferencia do mestrado acadêmico, pois dá ênfase à aplicação da teoria e do método científico em situações reais. Por isso, o curso é voltado para aqueles que desejam aprimorar sua capacidade analítica e não pretendem, necessariamente, seguir uma carreira acadêmica.

As inscrições serão abertas no segundo semestre do ano.

MBA Gestão Estratégica do Agribusiness da FIA         

Indicado para profissionais de diversas áreas de atuação que desejam desenvolver habilidades para assumir cargos de gerência em empresas do agronegócio. A parceria entre a FIA e a escola francesa Institut d'Administration des Entreprises, da Université Pierre Mendès France, oferece aos alunos capacitação em gestão de comércio exterior, tema central do MBA. O curso ensina a elaborar estudos de viabilidade de projetos e de negócios internacionais e a realizar operações mundiais de logística, formando executivos capazes de facilitar o acesso de produtos brasileiros a outros mercados.

As inscrições estão abertas e as aulas começam em março.

MBA em Agronegócio a distância da Esalq-USP

O curso é direcionado tanto para profissionais da área como para quem quer ingressar no ramo do agronegócio, uma vez que o currículo é bastante amplo e oferece uma formação geral sobre as particularidades de vários segmentos – como soja, café, aves, sucroalcooleiro – e habilidades específicas de gestão e negócios, entre elas estatística aplicada, análise de risco e financiamento agrícola. As aulas são transmitidas ao vivo via internet nas noites de quarta-feira e ficam gravadas. O aluno pode escolher a modalidade semipresencial, em que escolhe um polo de ensino credenciado, disponíveis nos Estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Também é possível acompanhar as aulas via internet de sua própria casa. Em ambos os casos, há interação com o professor via chat. O aluno deve apresentar uma monografia ao final do curso na Esalq, em Piracicaba.

As inscrições estão abertas e as aulas começam em março.

MBA em Agronegócio com ênfase em Marketing na ESPM

Indicado para profissionais da área e empreendedores que atuam ao longo de toda a cadeia produtiva: antes, dentro e fora da porteira. Isso inclui desde fornecedores de insumos e fabricantes de máquinas até produtores, cooperativas e supermercados. O objetivo principal do curso é abordar o marketing em todos os elos da cadeia, com foco na transformação de commodities em produtos de maior valor agregado. O curso apresenta o marketing como uma filosofia administrativa dentro do agronegócio. Há ainda um módulo internacional optativo de 40 horas na Audencia Nantes School of Management, na França.

As inscrições estão abertas até 13 de junho de 2015.

Mais conteúdo sobre:
MBA agronegócio educação mestrado perfil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.