Universidade de Oxford anuncia 13 bolsas de estudos para brasileiros

Serão três bolsas para graduação e dez para pós; auxílio terá financiamento do CNPq

Estadão.edu,

21 Agosto 2012 | 10h27

O vice-reitor da Universidade de Oxford, Andrew Hamilton, anunciou nesta terça-feira, 21, a concessão de 13 bolsas de estudos integrais para alunos brasileiros de graduação e pós-graduação. O anúncio ocorreu durante o ciclo Grandes Universidades, realizado na Fiesp. O auxílio contará com financiamento do CNPq via programa Ciência sem Fronteiras do governo federal.

As bolsas vão custear a realização do curso completo a ser iniciado já em 2013. Do total de bolsas, três serão destinadas à graduação e as outras 10 a estudantes de pós-graduação. Ciências Médicas será a área de conhecimento prioritária no convênio com Oxford. O custo médio da bolsa é avaliado em 30 mil libras (aproximadamente R$ 95 mil). 

O protocolo de intenções do convênio e alguns detalhes burocráticos serão firmados em Brasília nesta quinta, 23. Na capital federal, Hamilton cumpre roteiro de encontros com os presidentes do CNPq, Glaucius Oliva, da Capes, Jorge Guimarães e com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. 

Ciclo

No evento, organizado pela Fundação Estudar com apoio do Estadão.edu, Hamilton fez uma apresentação geral da universidade, destacando a infraestrutura e os critérios de admissão na instituição. O vice-reitor finalizou sua participação numa mesa rodeada de ex-alunos brasileiros que estudaram em Oxford.

* Atualizada às 19h54

Mais conteúdo sobre:
Educação Oxford Bolsa de Estudo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.