Três anos separam alunos dos ensinos médio e técnico

Para atingir o mesmo nível de instrução de um estudante das escolas técnicas estaduais paulistas, o aluno do ensino médio regular precisa permanecer cerca de três anos a mais na escola

Isis Brum, Jornal da Tarde

01 Julho 2011 | 11h09

Para atingir o mesmo nível de instrução de um estudante das escolas técnicas  estaduais paulistas, o aluno do ensino médio regular precisa permanecer cerca de três anos a mais na escola. Precisamente, são três anos e meio para absorver  os conteúdos de Matemática e três para os de Língua Portuguesa.

 

A estimativa é feita com base na análise dos dados do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp) de 2010, divulgados neste ano. De acordo com o professor Ocimar Alavarse, da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP), 15 pontos na escala do Saresp correspondem a um ano a mais de estudo.

 

A seleção, na entrada do ensino médio técnico, é o critério que melhor justifica o bom rendimento dos estudantes, dizem os especialistas. Na média geral, os alunos das Etecs estão no nível adequado em Língua Portuguesa e no básico em Matemática.

 

Segundo a Secretaria de Estado da Educação (SEE), “não se pode comparar Etec com escola estadual. É descabido”, afirma a pasta, em nota. O governo também ressalta que o critério de seleção contribui para o melhor resultado do ensino técnico.

 

Ainda de acordo com a SEE, “os resultados da avaliação mostram que o governo do Estado de São Paulo está no caminho certo com sua proposta de Reorganização do Ensino Fundamental e Médio”. E ressalta a melhora no desempenho do ensino fundamental, no 5.º e 9.º anos.

 

No ensino médio regular, contudo, no qual mais de 1,5 milhão de alunos estão matriculados, 57,7% dos estudantes estão abaixo do nível básico em  Matemática.

 

Em Língua Portuguesa, esse porcentual é de 37,9%. Segundo a SEE, o governo está investindo na contratação de mais professores e na valorização do  magistério na rede.

 

RENDIMENTO

 

57,7% dos mais de 1,5 milhão de alunos do ensino médio regular estão abaixo do nível básico em Matemática, segundo a Secretaria

Mais conteúdo sobre:
Ensino Médio São Paulo SP Saresp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.