Termina hoje prazo para pedir isenção de taxa da Fuvest

Aluno cuja família tem uma renda de até R$ 708 por pessoa da casa pode se livrar da inscrição

Solange Spigliatti , Agência Estado

05 Agosto 2011 | 11h57

Termina nesta sexta-feira, 5, o prazo para pedir isenção ou redução da taxa de inscrição da Fuvest, que seleciona alunos para a Universidade de São Paulo (USP). O valor integral é de R$ 120 e a inscrição deve ser feita pela web, no site www.fuvest.br/index.html.

 

Para ficar isento da taxa o aluno deverá ter renda individual de até R$ 708 ou ser integrante de família cuja renda máxima seja igual ou inferior a  esse valor por pessoa. Se o rendimento estiver entre R$ 708,01 e R$ 1.362 por pessoa da família, é possível obter 50% de redução.

 

Os candidatos que se enquadrarem no que dispõe a Lei Estadual 12.782, com renda individual de até R$ 1.092, poderão solicitar redução da taxa para metade do  seu valor. No total, 65 mil candidatos devem ser beneficiados com redução ou isenção do valor da taxa de inscrição, desde que fique comprovada insuficiência  de recursos para fazer o pagamento, conforme critérios divulgados no site da instituição.

 

O processo de seleção dos interessados é conduzido pela Coordenadoria de Assistência Social (Coseas) da USP e a deliberação sobre isenção e redução da taxa  de inscrição foi do Conselho Curador da Fuvest.

 

Mudanças. A seleção deste ano terá algumas modificações se comparada aos anos anteriores. Entre as principais está a criação de mais uma convocação para os  alunos aprovados. A quarta chamada foi batizada de ‘reescolha’ e permitirá ao estudante aprovado na segunda fase do vestibular, mas que não tenha feito sua  matrícula nas três convocações anteriores, a chance de pleitear uma vaga em qualquer carreira que tenha cadeiras remanescentes, uma flexibilidade inédita na  história da Fuvest.

 

O peso da nota da primeira fase do vestibular também está entre as mudanças. Ela voltará a ser usada na pontuação final, mas valerá apenas 25% da nota – até  2009, a prova de múltipla escolha respondia por metade da pontuação do aluno. Houve alteração também na nota mínima exigida para passar para a segunda fase  do processo, que subiu de 22 para 27 pontos, tornando o ingresso na USP ainda mais seletivo. Outra novidade diz respeito ao número de questões da prova do  segundo dia da segunda fase, que foi reduzido de 20 para 16 .

 

PARA ENTENDER

 

-R$ 120 é o valor integral da taxa de inscrição  para o vestibular da Fuvest deste ano

 

- O aluno cuja família tem uma renda de até  R$ 708 por pessoa pode pedir a isenção

 

- Se o rendimentos ficar entre R$ 708,01 e R$ 1.362 por pessoa da família, o desconto é de 50%

Mais conteúdo sobre:
Fuvest Vestibular USP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.