Termina greve de professores da UFRJ

Paralisação em instituições federais de ensino foi desencadeada por falta de estrutura e de pagamentos a funcionários terceirizados

CARINA BACELAR, Estadão Conteúdo

22 Agosto 2015 | 10h37

Terminou nesta sexta-feira, 21, a greve de professores da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a UFRJ, dois meses depois de iniciada. Em assembleia, docentes decidiram retomar as atividades por 255 votos pelo fim da greve contra 218 pela sua continuidade. A data para o retorno das aulas não foi confirmado, já que servidores técnicos e administrativos ainda estão em paralisação.

A descrença em uma solução para a greve e a pauta difusa foram apontados como motivos para o fim da mobilização. A greve de instituições federais foi desencadeada pela falta de estrutura e pagamentos de funcionários terceirizados, provocados pelos cortes nos orçamentos feitos pelo governo federal.

Mais conteúdo sobre:
UFRJ PROFESSORES FIM GREVE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.