Rodas rebate críticas feitas por diretor da Faculdade de Direito

Procurado pelo Estadão.edu, o reitor da USP, João Grandino Rodas, rebateu crítica feita pelo diretor da Faculdade de Direito sobre o boletim especial USP Destaques. Confira:

Estadão.edu

26 Setembro 2011 | 20h11

 

"Com referência à caracterização do professor Magalhães de que o comunicado foi uma "agressão rude e descabida" desconcordo totalmente, pois a motivação desse boletim foi relembrar, com base em documentos da época (disponibilizados online) o então sucedido, justamente quando a aula programada para o dia 21/09 pretendia iniciar a discussão do estado em que se encontra a infraestrutura da Faculdade de Direito, com o propósito claro de se debitar a inércia dos últimos dois anos à antiga diretoria e atual reitoria. Nada mais apropriado, pois cerca da metade dos alunos entrou nos dois últimos anos e tem o direito de formar o seu próprio juízo sobre a questão. O objetivo da publicação, dessa forma, foi o de informar a comunidade da FD para que cada um possa chegar à sua própria convicção.

 

Toda e qualquer afirmação dos pedidos oficiais feitos à reitoria deve ser comprovada e documentada. Tais pedidos, dentro de uma instituição complexa como é a universidade, devem ser feitos pela direção da unidade e de forma documentada. Assim, qualquer alegação de pedido solicitado e não atendido deve ser comprovada."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.