1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Professores da rede estadual entram em greve no Rio

- Atualizado: 03 Março 2016 | 11h 38

Entre as reivindicações, os profissionais pedem reajuste salarial, o fim do parcelamento dos rendimentos e o pagamento integral do 13º

RIO - O Sindicato Estadual dos Profissionais de Ensino calcula que 70% dos professores aderiram à greve das escolas estaduais iniciada nesta terça-feira, 2. Entre as reivindicações, os profissionais de ensino pedem reajuste salarial, o fim de parcelamento de salários, o pagamento integral do 13º salário e o arquivamento do projeto de lei que muda o regime previdenciário dos profissionais de educação e aumenta o porcentual descontado em folha de 11% para 14%. 

Já a Secretaria de Estado de Educação informou que não há escolas paralisadas e apenas 2.500 profissionais (3% dos 82 mil servidores) aderiram à greve.

Votação em assembleia realizada pelos professores da rede estadual do Rio de Janeiro decidiu pela paralisação dos profissionais

Votação em assembleia realizada pelos professores da rede estadual do Rio de Janeiro decidiu pela paralisação dos profissionais

A categoria está convocando para 16 de março nova assembleia e depois uma passeata até o Palácio Guanabara, sede do governo do Estado. Novo boletim sobre a paralisação será divulgado nesta quinta-feira, 3.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EducaçãoX