Professor da Unesp é demitido após causar perda de equipamento de TV

Responsável por roteador maestro da TV Unesp, de R$ 260 mil, docente ainda terá que ainda indenizar a universidade

Mariana Mandelli, O Estado de S.Paulo

05 Julho 2011 | 18h25

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) demitiu o professor Antonio Carlos de Jesus, que fazia parte do Departamento de Comunicação Social da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC) do câmpus de Bauru. O despacho foi publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira.

 

Segundo a Unesp, ele foi considerado culpado pela perda total de um equipamento da Televisão Universitária Unesp (TV Unesp), o roteador maestro, causando prejuízos à instituição. Antonio Carlos de Jesus era o responsável pela guarda, fiscalização e conferência do aparelho, que custa cerca de R$ 260 mil. Ele havia ocupado o cargo de diretor da TV.

 

A universidade ainda destaca que deu a ele amplo direito de defesa. Antonio Carlos foi demitido na sexta-feira, 1. Ele não foi encontrado para comentar o assunto.

 

Segundo a Unesp, foi instaurada uma comissão processante especial, composta por representantes de outras unidades (e não de Bauru, câmpus do qual o professor fazia parte) para tratar do processo administrativo disciplinar contra o docente.

 

A decisão que culminou no desligamento do professor ainda impõe que Antonio Carlos de Jesus indenize a universidade pela perda do aparelho. A quantia ainda não foi definida pela reitoria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.