PF prende candidatos por uso de celulares durante Enem no Ceará

Um dos detidos usava o telefone para receber gabaritos do outro suspeito, que estava do lado de fora; caso ocorreu em Juazeiro do Norte

Carmen Pompeu, Especial para o Estado

09 Novembro 2014 | 19h04

FORTALEZA - A Polícia Federal prendeu ontem (08/11), dois candidatos durante a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), na cidade de Juazeiro do Norte, a 560 quilômetros de Fortaleza. As informações foram repassadas neste domingo pela assessoria de Comunicação da Superintendência da PF no Ceará.

Um dos presos estava utilizando aparelho celular para o recebimento de gabaritos, enquanto o outro envolvido na fraude ficava do lado de fora do local de prova, passando informações ao candidato na sala. Os dois foram autuados pelo crime previsto no artigo 311-A, do Código Penal, que trata das fraudes em certame de interesse público.

De acordo com a PF, os dois foram liberados após pagamento de fiança arbitrada pela autoridade policial em razão da pena máxima prevista para o delito permitir .

A ação policial faz parte dos trabalhos de segurança e monitoramento da Polícia Federal que visa acompanhar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e garantir a integridade do exame.

Mais conteúdo sobre:
enem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.