Oito crianças são internadas por intoxicação dentro de escola de SP

Aluno teria oferecido raticida a colegas; crianças já receberam alta

24 Maio 2013 | 20h05

Oito crianças, de 8 e 9 anos, foram internadas ontem com intoxicação por chumbinho, um tipo de raticida, dentro de uma escola estadual na zona sul de São Paulo. A substância teria sido oferecida por um colega durante a aula nesta sexta, dia 24.

Foi uma professora da Estadual Professora Joanna Abrahão que percebeu que os alunos do 3º ano estavam consumindo uma substância aparentemente tóxica. A escola chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os pais das crianças foram comunicados para acompanhar os filhos no atendimento, segundo informou a secretaria Estadual de Educação. Além disso, a Ronda Escolar foi chamada para registro da ocorrência, assim como os responsáveis pelo aluno que levou o material à escola para esclarecimentos.

Segundo a Secretaria de Educação, o caso foi notado pela professora. As crianças foram encaminhadas para o Hospital Saboya mas antes das 19h30 desta sexta, dia 24, já haviam tido alta. A pasta informou que o caso será encaminhado ao Conselho Tutelar. As crianças ainda serão enviadas a uma unidade de saúde para que, se necessário, seja feito tratamento psicológico.

Mais conteúdo sobre:
educação, escola, são paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.