Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

'Na educação virtual, o aluno tem de participar mais'

Lucia Franco, cooredenadora da Universidade Aberta do Brasil da UFABC fala sobre a EAD no País

Thiago Mattos, Especial para o Estado,

30 Julho 2013 | 12h46

Quando a educação a distância começou a se expandir, muitas pessoas procuravam a modalidade em busca de facilidade. Hoje o cenário é outro, afirma Lucia Franco, ex-presidente da Unirede e atual coordenadora da Universidade Aberta do Brasil da Universidade Federal do ABC (UFABC).

O que deve ter em mente quem pensa em fazer um curso a distância?

É preciso ter tempo para fazer o curso, disciplina para seguir o planejamento e autonomia para ser proativo. No curso online, o aluno tem de participar mais do que em um presencial. No início da expansão da educação a distância, muita gente ia atrás de flexibilidade e facilidade. Hoje já ficou claro que não é bem assim.

Quais são os tipos de curso mais comuns?

Eles podem ser instrutivos ou formativos. Nos primeiros, não há necessidade de tutor: é preciso apenas seguir instruções e não há questionamentos dos procedimentos ensinados. Nos cursos formativos - como graduação, pós, especialização ou extensão -, o estudante precisa refletir, ser crítico, buscar conteúdo, realizar atividades e interagir com os colegas e com o tutor.

O que diferencia um curso bom de um ruim?

Se for um curso formativo, principalmente a interatividade, mas também o corpo docente, a equipe multidisciplinar (quem filma e faz edição, por exemplo) e a diversidade de mídias - se há textos, vídeos, jogos, fóruns, chats, webconferências e animações.

Nos cursos online, qual a importância do tutor?

Ele aplica a metodologia que foi planejada para o desenvolvimento do aluno, faz o acompanhamento e analisa as dificuldades. Com isso, ajuda o estudante e aprimora questões para as próximas turmas.

Há um abismo entre o ensino presencial e o a distância?

A educação é uma só. O que facilita no ensino virtual é que temos ferramentas que permitem acompanhar o que aluno contribuiu com uma turma. As multimídias possibilitam isso e facilitam o aprendizado e a avaliação do aluno.

Mais conteúdo sobre:
EAD, entrevista, cursos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.