Arquivo/AE
Arquivo/AE

Ministro da Educação diz que 45 mil escolas já têm conexão banda larga

Expectativa é que o total de escolas beneficiadas pelo MEC até o fim do ano chegue a 64 mil

Agência Brasil

25 Março 2010 | 12h12

O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse nesta quarta-feira, 24, depois de reunião na Casa Civil que o cronograma de atendimento do programa Banda Larga nas Escolas está sendo cumprido. Segundo ele, atualmente 45 mil escolas públicas já estão com esse tipo de conexão. Participaram do encontro a secretária executiva da Casa Civil, Erenice Guerra, representantes da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), das empresas de telecomunicação e dos ministério das Comunicações e do Planejamento.

 

A previsão inicial era atender 55 mil escolas até o final de 2010, mas, de acordo com o ministro, mais 8 mil escolas foram incluídas na conta. "A partir do censo escolar de 2009, 8 mil escolas mudaram de classificação, foram informadas como escolas urbanas e não rurais. As teles se comprometeram a atender também essas escolas até o fim de 2010", explicou. Com isso, a expectativa é que o total de escolas atendidas pelo programa até o fim do ano chegue a 64 mil.

 

De acordo com o ministro, ainda está sendo discutida a implantação da banda larga nas escolas rurais, que respondem por 15% das matrículas da educação básica. Metade delas, segundo Haddad, deverão ser atendidas pelo programa Gesac - programa do Ministério das Comunicações que atende comunidades distantes onde a banda larga não chega - até o final de 2010.

 

Haddad apontou que há um problema localizado em São Paulo onde algumas escolas já estavam conectadas por programas do estado, mas podem receber uma rede adicional para uso dos laboratórios. "É uma decisão que cabe ao governo do estado tomar porque as escolas já estavam conectadas", explicou.

 

É necessária autorização do governo de São Paulo para que as empresas de telecomunicação possam instalar as redes. O programa previa ainda, após a instalação da conexão em todas as escolas, a ampliação da capacidade de tráfego de 1 megabyte (MB) para 2 MB. De acordo com Haddad, essa meta está sendo antecipada e cerca de 3 mil escolas já estão com a conexão ampliada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.