MEC se antecipa e divulga lista de cursos e vagas do SiSU 2012

Quem fez o Enem pode se candidatar a 108.552 vagas em instituições de ensino

Paulo Saldaña, O Estado de S. Paulo

21 Dezembro 2011 | 23h43

SÃO PAULO - Os estudantes interessados em ingressar no ensino superior público em 2012 podem consultar a relação de cursos e vagas que estão disponíveis no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação (MEC). Veja lista dos cursos disponíveis no Sisu 2012.

O MEC informou que a divulgação só iria para o ar na segunda-feira, dia 26, mas na noite desta quarta-feira colocou o link em seu portal. Quem prestou o Enem pode se candidatar a 108.552 vagas em instituições de ensino pelo Sisu. O número representa aumento de 30% na oferta de vagas em relação ao primeiro semestre de 2011.

Ao todo, há vagas em 3.327 cursos. O processo traz alguns novas graduações, como o bacharelado de Ciências e Tecnologia nas Áreas do Mar e Meio Ambiente da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

As inscrições serão abertas à 0 hora de 7 de janeiro e vão até o dia 12. Diferentemente ocorrido nos anos anteriores, quando o sistema ficava fora do ar de 0 às 6 horas para atualização, ele funcionará ininterruptamente.

Na hora de se inscrever no Sisu, o candidato deve fazer duas opções de curso. Ele pode mudar essas opções, com base na nota de corte de cada curso - que será divulgada diariamente, nas madrugadas. Cada mudança invalidará a opção anterior.

O candidato aprovado na primeira opção será retirado do sistema. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 15. Esses selecionados terão os dias 19 e 20 para fazer a matrícula. As instituições terão prazo de 19 a 23 do mesmo mês para registrá-las no sistema.

Caso o candidato não se matricule, perderá a vaga. O que for selecionado para a segunda opção ou não atingir a nota mínima nos dois cursos escolhidos pode permanecer no sistema e ser convocado nas chamadas seguintes.

A segunda chamada será divulgada no dia 26 de janeiro, com matrículas nos dias 30 e 31. Quem não conseguir vaga, pode pedir inclusão, entre 26 de janeiro e 1.º de fevereiro, na lista de espera. A relação será publicada em 4 de fevereiro. As vagas disponíveis para os candidatos na lista de espera serão divulgadas gradativamente pelas instituições até 2 de março.

Criado em 2010, o Sisu enfrentou problemas de instabilidade já na primeira experiência. O sistema de seleção era confuso e apresentou vários problemas técnicos. Estudantes não classificados para vagas em instituições federais apareceram como convocados para matrícula.

Mais conteúdo sobre:
Enem Sisu educação MEC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.