MEC libera consulta a locais de prova para candidatos lesados no Enem

Pelo menos 2.817 candidatos terão direito a refazer os testes de ciências humanas e ciências da natureza

Estadão.edu

08 Dezembro 2010 | 19h55

O Ministério da Educação (MEC) liberou na tarde desta quarta-feira, 8, a consulta aos locais onde serão aplicadas as provas do Enem para candidatos prejudicados por problemas de impressão em parte dos cadernos amarelos. O exame extra está marcado para o dia 15, às 13h (horário de Brasília).

 

O estudante deve acessar o site do Enem (http://sistemasenem2.inep.gov.br/localdeprova/), inserir CPF e senha. Segundo o MEC, pelo menos 2.817 pessoas terão direito à nova prova. Esses candidatos serão notificados até sexta-feira por e-mail, telefone e mensagem de texto (SMS).

 

Veja também:

 

- Perguntas e respostas frequentes sobre o Enem

 

Apenas os estudantes que receberam a prova amarela com falhas no sábado, 6 de novembro, não conseguiram trocá-la e tiveram o problema registrado em ata poderão refazer as 90 questões de ciências humanas e ciências da natureza.

 

Eles vão receber um novo cartão de confirmação de inscrição com o local onde será realizado o novo exame e uma declaração de comparecimento para justificar a eventual ausência em compromissos já agendados.

 

No dia 15, os alunos deverão chegar ao local da prova com uma hora de antecedência, portando documento de identidade com foto, o novo cartão de inscrição, que está disponível no site do Inep, e caneta esferográfica preta.

Mais conteúdo sobre:
Enem 2010 Enem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.