Inep repassa à Defesa R$ 1,5 milhão para segurança das provas do Enem

Ministério irá guardar 10 milhões de cadernos de prova e também ajudará a distribuir

Agência Brasil

18 Outubro 2010 | 11h21

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai transferir R$ 1,5 milhão para o Ministério da Defesa, para garantir a segurança das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A portaria foi publicada nesta segunda-feira, 18, no Diário Oficial da União.

 

Os recursos serão empregados no armazenamento de 10 milhões de exemplares do exame. Também serão usados na distribuição dos cadernos de provas nas cidades que os Correios não consigam atender. O Enem será aplicado dias 6 e 7 de novembro.

 

Este ano estão inscritos 4,6 milhões de estudantes, o maior número já registrado desde a criação do exame, em 1998. O estado com mais candidatos inscritos é São Paulo, com 827.818, seguido de Minas Gerais (538 mil) e da Bahia (428 mil). O Rio de Janeiro vem em quarto lugar, com 314 mil, e o Rio Grande do Sul, em quinto, com 295 mil.

 

Os recursos a serem repassados ao Ministério da Defesa são da Lei Orçamentária Anual/2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.