Incubadora Tecnológica Social já tem 6 projetos

Primeiro edital recebeu 37 inscrições

Paulo Saldaña, de O Estado de S. Paulo,

09 Maio 2012 | 09h41

A expansão da USP Leste já começou. A unidade inaugurou neste ano a Incubadora Social e Tecnológica - primeiro empreendimento com caráter social do Sistema Paulista de Incubadoras do Estado de São Paulo.

 

A missão é dar suporte a novos projetos de inovação tecnológica voltados para o social. "Estamos criando um modelo de incubadora escola. É a USP fazendo seu papel no desenvolvimento da zona leste", defende o diretor da Each, Jorge Boueri. A ideia vem na esteira da criação do Parque Tecnológico da Zona Leste - projeto estadual ainda no papel.

 

A implementação custou R$ 1,1 milhão, pagos pela USP e pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico. O prédio, erguido na unidade, tem 16 salas para receber as empresas incubadas, oferecendo estrutura física, secretaria e apoio especializado.

 

O primeiro edital recebeu 37 inscrições. Seis foram selecionados. Um deles foi Rafael Dias Silva, de 35 anos, que está desenvolvendo um material didático de ciências para deficientes auditivos. O material é bilíngue, para surdos e ouvintes. "Esse tipo de material com língua de sinais não existe no mercado."

 

Silva explica que montou equipe de trabalho com a comunidade surda, recrutou pedagogos e profissionais da área de ciências. "As equipes de professores nos dão muita assessoria. É importante desenvolver o lado empresarial, que a gente não tem", diz Silva, que se forma neste ano em Ciências da Natureza.

 

Ainda em 2012, novo edital deve escolher oito novos projetos. Pelo menos um dos participantes precisa ser da Each. / P.S.

Mais conteúdo sobre:
USP Leste, Incubadora Social

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.