Grupo invade sede da Diretoria Regional de Ensino de Santos

O prédio também abriga a Escola Estadual Cleóbulo Amazonas Duarte, no bairro da Encruzilhada, ocupada desde o dia 19 de novembro

Luiz Alexandre Souza Ventura, ESPECIAL PARA O ESTADO

03 Janeiro 2016 | 19h59

SANTOS - Um adolescente foi apreendido e ao menos três suspeitos são procurados após um grupo invadir na manhã deste domingo, 3, a sede da Diretoria Regional de Ensino de Santos, no litoral sul de São Paulo. O prédio também abriga a Escola Estadual Cleóbulo Amazonas Duarte, na altura do número 107 da Rua Doutor Guedes Coelho, no bairro da Encruzilhada. O local está ocupado por estudantes desde o dia 19 de novembro, em protesto contra o projeto de reorganização escolar apresentado pelo governo paulista no ano passado e que gerou grande resistência, com ocupação de quase de 200 escolas. O projeto acabou suspenso.

Segundo a polícia, os invasores conseguiram quebrar as portas de 11 salas, inclusive a do diretor de ensino, João Bosco Arantes Braga Guimarães. Ao menos quatro jovens foram flagrados por uma empregada da unidade removendo parte da fiação elétrica em um das salas. Essa funcionária acionou a PM, mas o grupo correu ao ser surpreendido. Os policiais vasculharam a escola e apreenderam um suspeito que estava escondido no meio dos estudantes que ocupam a escola.

O adolescente apreendido foi encaminhado à Delegacia Seccional de Santos. Ele foi reconhecido pela funcionária que fez o flagrante, mas nega ter participado da invasão. Na sala da diretoria de ensino foi encontrada uma sacola com um computador, um pendrive, um adaptador de tomadas, um fone de ouvido, dois tubos de cola e um carregador para telefone celular. Em uma primeira avaliação, funcionários disseram à polícia que sumiram ao menos 15 notebooks, quatro monitores e quatro projetores.

Mais conteúdo sobre:
Geraldo Alckmin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.