Grandes redes de ensino têm baixos índices de aprovação na OAB

Com 12% do total de participantes no Estado de SP, Unip aprova 7% e contesta dado divulgado pela Ordem

Isis Brum, Jornal da Tarde

06 Julho 2011 | 11h43

Com 12% do total de participantes do exame da Ordem dos Advogados do  Brasil (OAB) no Estado de São Paulo (3.202 de 25.227), a Universidade Paulista (Unip) é a rede com maior número de estudantes inscritos. O índice de  aprovação, no entanto, está entre os piores: 7,2% passaram na prova – abaixo da média nacional e do próprio Estado de São Paulo. Mas a rede refuta os números da OAB.

 

“Não tivemos 3.202 formandos em Direito”, diz José Nasr, diretor-geral da Unip. Segundo ele, a OAB considera todos os ex-alunos e não apenas os bacharéis. “É estranho que uma universidade que teve todos os cursos de Direito aprovados no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) tenha mal desempenho na prova da OAB”, reclama. “A estatística não está correta.”

 

O Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) foi a segunda instituição com mais alunos inscritos, mas o índice de aprovação, apesar de baixo, ficou acima da média do Estado: 12,35% de 1.360 participantes.

 

A Uninove e a Uniban – duas outras grandes redes com unidades na capital – também tiveram baixo desempenho. A primeira, com 907 inscritos, teve  7,72% de aprovação. A segunda, com 955 pretendentes, teve 4,2% aprovados. Procuradas pelo Jornal da Tarde, não quiseram se manifestar.

 

O câmpus de Osasco da Faculdades Anhanguera, que teve todos os inscritos reprovados, informou que “está promovendo um amplo plano de melhorias visando atender todos os padrões de qualidade preconizados pelo MEC para o curso de Direito”. 

 

MAIS ESCOLAS DA CAPITAL PAULISTA

 

Universidade Mackenzie - 36,12%

Damásio de Jesus - 31,73%

FMU - 12,35%

Uninove - 7,72%

Unip - 7,18%

Universidade São Marcos - 6,02%

Unicastelo - 5,15%

Unicid - 4,44%

Uniban - 4,19%

Universidade Anhembi Morumbi - 3,85%

UniRadial - 2,76%

Faculdade Ibirapuera - 2,04%

Unibero - 1,82%

Unicapital - 1,56%

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.