Ex-pró-reitor vence consulta prévia para reitoria da USP

Entre os docentes, Marco Antonio Zago teve mais que o dobro de votos; participação dos estudantes foi baixa

Paulo Saldaña e Victor Vieira, O Estado de S. Paulo

11 Dezembro 2013 | 17h32

O candidato Marco Antônio Zago, ex-pró-reitor de Pesquisa da Universidade de São Paulo (USP), foi o mais votado na consulta prévia para a reitoria. Zago recebeu 6.678 votos - e foi o mais votado entre os docentes e alunos. Ocorrida na terça-feira, dia 10, 13,8 mil alunos, professores e funcionários participaram.

Entre os quatro candidatos, o ex-superintendente de Relações Institucionais, Wanderley Messias, ficou em segundo, com 5.504 votos - ele liderou entre os funcionários. No total, Hélio Nogueira da Cruz recebeu 4.343 votos e José Roberto Cardoso, 3.344.

A consulta é apenas indicativa para a eleição definitiva, agendada para o dia 19.  Apesar de não ter efeito prático na sucessão, o resultado da vontade da maioria pode ser um indicativo para a Assembleia Eleitoral, que define a lista tríplice a ser encaminhada para o governador Geraldo Alckmin (PSDB). É o governador quem nomeia o reitor.

Levando em conta apenas os docentes, que têm ampla maioria na assembleia, Zago recebeu 1.904 votos. É mais que o dobrou do segundo colocado, Hélio Nogueira da Cruz, que teve 897. Messias apareceu com 694 e Cardoso com 581 votos.

No total, a consulta teve 13.826 votantes, 14% do total do universo de 100.734 eleitores potenciais - toda a comunidade da USP. A maior participação foi a de docentes (49,5%), seguida pelos funcionários técnico-administrativos (47%). Apenas 3,2% dos alunos participaram da consulta. Foram cerca de 2,5 mil alunos votantes, de um total de 76,8 mil.

*Atualizada às 18h13

Mais conteúdo sobre:
usp universidade reitoria zago

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.