Enem: 11% dos candidatos querem certificado do ensino médio

Mais de 638 mil querem comprovar conclusão da educação básica

AGÊNCIA BRASIL,

03 Novembro 2012 | 17h27

Para 11% dos candidatos que prestam o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste fim de semana, a prova tem uma finalidade diferente. Em vez de tentarem conseguir uma vaga na faculdade, eles usarão a pontuação para obter o certificado de conclusão do ensino médio.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação, de 1996, autoriza alunos maiores de 18 anos, que não concluíram o ensino médio na idade adequada, a usarem o Enem para comprovar a conclusão dessa etapa de educação. A certificação é realizada pelas Secretarias Estaduais de Educação e pelos Institutos Federais de Educação que aderiram a essa modalidade, de acordo com as portarias editadas pelo Ministério da Educação e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) em maio deste ano.

De acordo com o Inep, dos 5,791 milhões de inscritos no Enem deste ano, 638.176 pediram a certificação. No ato da inscrição, esses participantes indicaram que desejam usar o exame para obter o documento de conclusão do ensino médio.

Lenon Carvalho, 36 anos, está fazendo o Enem neste fim de semana em São Paulo. Ele abandonou a escola na 7ª série do ensino fundamental, mas pretende usar o exame para comprovar a conclusão do ensino médio. O candidato acredita, entretanto, que precisará contar com a sorte para conseguir a pontuação mínima. “Acho que dá para ir bem em humanas, que eu gosto e tenho muitos livros em casa. Em exatas eu vou chutar bem”, disse antes de entrar no local de prova.

As unidades certificadoras são as Secretarias Estaduais de Educação e os Institutos Federais de Educação. A relação dos Estados e das instituições federais de ensino que usam o Enem para fins de certificação está disponível nos links abaixo:

http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/certificacao/2010/secretaria_estados.xls

http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/certificacao/2012/unidades_certificadoras_enem_2012.xls

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.