1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Diretor do Museu Afro Brasil indica seus três livros prediletos

Estadão.edu - O Estado de S. Paulo

24 Junho 2014 | 03h 00

Emanoel Araujo conta que obras não faltam em sua estante na seção 'Minha Biblioteca' do caderno Estadão.edu

1. Meu primeiro golpe de Estado, de John Dramani Mahama

As memórias do atual presidente ganense é um relato da experiência socialista pela qual passaram países africanos após a independência. Mahama descreve histórias de golpes militares, guerras civis e retomada democrática.

2. Francisco Félix de Souza, Mercador de Escravos, de Alberto da Costa e Silva

Traça a biografia do protagonista de um dos episódios mais extraordinários da história africana e brasileira, o famoso Chachá de Souza, e sua epopeia no Benin, onde se tornou poderoso traficante de escravos para o Brasil. 

3. Barganhando Sobrevivências, de Elaine Ribeiro

Foca a perspectiva dos trabalhadores da expedição do militar português Henrique Augusto Dias de Carvalho a Mussumba, atual Angola, revelando ângulos inéditos das relações entre europeus e africanos, no período colonial.

  • Tags: