Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal

Direito internacional ultrapassa fronteiras

“O aluno de direito internacional é preparado tanto para os aspectos públicos quanto privados desse campo, a exemplo de tratados entre países, contratos entre empresas e custódia de filhos cujos pais vivem em diferentes partes do mundo”, diz Maristela Basso, chefe do departamento de Direito Internacional da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

Jennifer Gonzales, O Estado de S. Paulo

09 Março 2011 | 14h38

 

Victor Gadelha, com 20 anos e cursando o quarto ano no Largo São Francisco, diz que, em um mundo cada vez mais globalizado, ele quer trabalhar com direito  tributário internacional. “Pretendo defender empresas nacionais e estrangeiras em litígios com diferentes governos”, conta o estudante.

 

QUEM É

 

Victor Gadelha

Estudante de Direito Internacional na USP

 

CV: Está no 4.º ano e faz estágio na Pinheiro Neto Advogados. Auxilia os profissionais com pesquisas na área tributária internacional para fundamentar os casos da empresa.

Mais conteúdo sobre:
Ensino superior Direito Formação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.