Dezoito universidades do Brasil ficam entre as mil melhores do mundo

A Universidade de São Paulo (USP) é a instituição brasileira mais bem colocada da lista do Center for World Universities Ranking

Victor Vieira, O Estado de S. Paulo

30 Julho 2014 | 20h24

SÃO PAULO - Dezoito universidades públicas brasileiras ficaram entre as mil melhores do mundo, segundo o ranking Center for World Universities Ranking (Cwur), consultoria internacional na área de ensino superior, divulgado nesta semana. A Universidade de São Paulo (USP) é a brasileira mais bem colocada da lista, na 131.ª posição, e também a primeira entre as latino-americanas.

As outras brasileiras melhores posicionadas são a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 329.ª, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em 437.ª, e a Universidade Federal de Minas Gerais, em 497.ª. Das 18 brasileiras que aparecem entre as mil melhores, todas são públicas. 

As três primeiras posições são, respectivamente, das universidades de Harvard, Stanford e do Massachussets Institute of Technology (MIT), todas dos Estados Unidos. O trio também lidera outros rankings tradicionais do ensino superior. Do top 10, somente duas são eram norte-americanas, mas do Reino Unido. 

A CWUR considera oito critérios para classificar as universidades: qualidade do ensino, premiações acadêmicas, empregabilidade dos ex-alunos, influência, impacto dos trabalhos científicos, citações e quantidade de patentes da instituição. 

Nas duas edições anteriores do ranking, a Cwur classificou apenas as cem melhores instituições de ensino superior do mundo. O Brasil não havia aparecido nas listas de 2012 e de 2013. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.