Cursos conjugados na América Latina

Confira algumas opções para estudar espanhol e fazer outro curso conjugado, como dança ou mergulho, em países latinos

Guilherme Soares Dias, Especial para o Estado

29 Julho 2014 | 14h12

MÉXICO: UM MERGULHO NA HISTÓRIA

História e cultura maia são o forte das cidades mexicanas que oferecem, além do curso de espanhol, oportunidade de conhecer mais sobre o país. A Cidade do México - a maior das Américas - é uma das opções, mas não é a mais recomendada por agências de intercâmbio, que indicam Oaxaca, local que revela a história mexicana. As praias são outro diferencial. Entre as cidades litorâneas, destaque para Play del Carmen e Acapulco. Existem programas que aliam a língua a cursos de culinária, salsa, kitesurfing e mergulho. Há opções de escolas públicas, como o Centro de Lenguas Extranjeras (Cenlex), que integra o Instituto Politecnico Nacional (IPN), e particulares, como a Berlitz.

www.cenlexz.ipn.mx

Custo: a partir de R$ 7 mil (4 semanas, com acomodação e mergulho; sem parte aérea)

PERU: CULINÁRIA EM FOCO

Referência em gastronomia, Lima é opção para quem quer estudar culinária. Cusco oferece cursos de história e trilhas para Machu Picchu.

www.cenfotur.edu.pe

Custo: a partir de R$ 6 mil (4 semanas, com acomodação e curso de culinária; sem parte aérea)

COLÔMBIA: SEM SOTAQUE

O país se vende como aquele que tem o espanhol com menos sotaque da América Latina. Entre os pontos fortes estão os ares caribenhos e a boa receptividade dos vizinhos. A moeda local, porém, tem valor equivalente ao real. A Universidade Tecnológica de Bolívar, em Cartagena, é uma das opções para quem quer estudar e conhecer a cultura local. O governo colombiano desenvolve o programa Spanish in Colombia (www.spanishincolombia.gov.co) e há a Nueva Lengua, especializada em vários idiomas (www.nuevalengua. com). Já a Fundacion Nuevo Periodismo Iberoamericano (FNPI) oferece cursos direcionados para jornalistas.

www.unitecnologica.edu.co

Custo: a partir de R$ 5 mil (4 semanas, com duas saídas semanais para conhecer a cultura local e acomodação; sem parte aérea)

ARGENTINA: UM DOS MAIS BARATOS

O custo de vida baixo, por causa da crise financeira, e a variedade de cursos fazem o país ser uma das melhores opções para os brasileiros. As escolas oferecem, além do espanhol, aulas de tango, história da Argentina e possibilidade de trabalho voluntário. Em Buenos Aires, o aluno pode comprar aulas de tango individuais ou já com parceiro. “As escolas têm atividades diárias para que o estudante conheça a cultura regional. São visitas a museus e apresentações de tango”, diz o diretor comercial da Egali, Guilherme Reischl. Córdoba reúne universitários e tem um custo de vida ainda mais baixo.

www.egali.com.br

Custo: a partir de R$ 6,5 mil (4 semanas, com tango e acomodação; sem parte aérea)

CHILE: O PAÍS DA DIVERSIDADE

É possível esquiar, aprender sobre vinhos, visitar minas e fazer trabalho voluntário. “É o lugar que mais oferece espanhol com outro curso agregado”, diz o diretor comercial da Egali, Guilherme Reischl.

www.egali.com.br

Custo: a partir de R$ 10 mil (4 semanas, com acomodação, curso sobre vinhos e parte aérea)

CUBA: CINEMA, RUM E CHARUTOS

Os alunos podem fazer cursos rápidos de cinema na EICTV, aulas em universidades, visitas a fábricas de rum e charutos e aprender ritmos latinos. Há uma rica história a ser desvendada.

www.experimento.org.br

Custo: a partir de R$ 8 mil (4 semanas, com acomodação e dança; sem parte aérea)

URUGUAI: PARA OS MAIORES

Em Montevidéu há aulas de história e cultura. Tem bom custo-benefício, povo amigável e lindas praias, mas não é indicado para adolescentes por causa do fácil acesso aos cassinos.

www.intercoined.com

Custo: a partir de R$ 7 mil (4 semanas, acomodação e curso de história; sem parte aérea)

COSTA RICA: SURFE EM DESTAQUE

É um país de natureza exuberante, povo receptivo e praias tropicais. Indicado para quem gosta de surf e vida noturna. Oferece aulas combinadas de culinária e salsa.

www.donquijote.org/br

Custo: a partir de R$ 5,5 mil (4 semanas, acomodação e curso de dança; sem parte aérea)

GUATEMALA: CHARME GUATEMALTECO

Há cursos de espanhol combinados com salsa, cultura e negócios. Patrimônio da humanidade, Antígua conserva a arquitetura colonial. Tem boa culinária e preços acessíveis.

www.intercoined.com

Custo: a partir de R$ 5,5 mil (4 semanas, acomodação e curso de dança; sem parte aérea)

EQUADOR: PACÍFICO À VISTA

Uma das vantagens é que há poucos brasileiros. O aluno pode passar um fim de semana em um resort no Pacífico ou assistir aulas em universidades de Quito.

www.intercoined.com

Custo: a partir de R$ 5 mil (4 semanas, acomodação e aulas em universidade; sem parte aérea)

Mais conteúdo sobre:
Espanhol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.