Peter DaSilva/NYT-7/7/2006
Peter DaSilva/NYT-7/7/2006

Coursera aposta na interação

Criador de portal, Andrew Ng quer criar novo formato online

Sergio Pompeu, do Estadão.edu,

28 Abril 2012 | 18h20

Qual é o diferencial do Coursera em relação a outros portais de videoaulas?

 

Acreditamos que estudantes aprendem melhor pensando, praticando e interagindo com materiais e pessoas em vez de apenas assistir passivamente a vídeos. Assim, a interação é um componente- chave da nossa proposta pedagógica, algo fortemente integrado à nossa plataforma online e à nossa experiência - seja nos quizzes embedados nos vídeos das aulas, nas opções para acelerar ou retardar o programa de acordo com o ritmo individual de aprendizado, ou no fórum que facilita a discussão entre os estudantes. Certamente é um dos nossos diferenciais quando comparados a outros websites, que ainda dependem fortemente (ou unicamente) do conteúdo em vídeo e estão menos dispostos a investir em tecnologia capaz de garantir um novo patamar de interação na educação, tanto na sala de aula quanto online. Outro diferencial é a parceria com grandes universidades, que permitem aos seus melhores professores dar cursos para qualquer pessoa no mundo.

 

A maioria das videoaulas é um mero registro de aulas presenciais. O que é preciso para atrair outros atores, como, por exemplo, a Pixar, para oferecer uma verdadeira experiência multimídia aos estudantes?

 

Há um potencial enorme para criar experiências online que vão além do registro em vídeo e mesmo do formato tradicional de salas de aula ou palestras. O Coursera está certamente caminhando nessa direção quando oferece possibilidades de aprendizado interativas. Outras companhias, inclusive a Pixar, podem certamente ajudar a desenvolver todo o potencial da educação online pela adaptação de sua tecnologia ou expertise específicos às necessidades do ensino via web - criando, digamos, um genoma humano animado para uma classe de biologia.

 

Até onde a tecnologia pode tirar espaço do ensino superior presencial? Seu ex-colega de Stanford Sebastian Thrun (criador de outro portal de educação online, o Udacity) disse numa entrevista recente à revista Wired que daqui a 50 anos haverá apenas dez instituições oferecendo ensino superior em escala mundial. Você concorda com ele?

 

Não. Apesar do valor da educação online para muitos estudantes, aqui no Coursera acreditamos que as melhores universidades oferecem uma experiência de aprendizado tremendamente rica a seus estudantes no câmpus, algo que simplesmente não pode ser replicado online. Eles interagem uns com os outros em atividades criativas e se tornam aprendizes das melhores cabeças na sua área. É uma experiência única.

Mais conteúdo sobre:
Educação Ensino a distância EaD Coursera

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.