Divulgação
Divulgação

Copa do mundo da computação abre inscrições para edição de 2013

Prêmios em dinheiro do Imagine Cup totalizarão US$ 300 mil no próximo ano

Estadão.edu,

31 Agosto 2012 | 10h45

Já estão abertas as inscrições para Imagine Cup 2013, campeonato de tecnologia promovido pela Microsoft. Nesta edição, a Copa do Mundo da Computação traz novidades: a competição será dividida em três categorias - Cidadania Mundial, Games e Inovação - e o valor do total dos prêmios em dinheiro mais do que dobrou, alcançando a marca de US$ 300 mil dólares. Podem participar quaisquer estudantes com mais de 16 anos de idade. As inscrições devem ser realizadas pela internet, no site www.imaginecup.com.

Mais de 1,65 bilhão de jovens de diversos países já participaram da Imagine Cup na última década - está é a 11ª edição do campeonato -, criando aplicativos e jogos que ajudam a resolver problemas sociais do mundo. As competições desta edição baseiam-se nos elementos mais populares entre os participantes nos últimos 10 anos: impacto social e jogos - enquanto expande o foco da competição na inovação e empreendedorismo.

 

Além das categorias, os estudantes podem se cadastrar para competir em Desafios Online focados em tecnologias e plataformas específicas tais como Windows 8, Windows Azure e Windows Phone. A Imagine Cup é um evento mundial que acontece ao longo do ano e que, dessa vez, terá sua final celebrada na cidade de São Petersburgo, na Rússia, entre os dias 8 e 11 de julho de 2013. Os finalistas mundiais também terão a oportunidade de se inscrever para o Microsoft Imagine Cup Grants que destinará um montante de US$ 3 milhões de dólares como investimento para os projetos eleitos ao longo de três anos, ajudando-os a tornar as suas ideias realidade.

 

Muitos participantes brasileiros reconhecidos em outras edições da Imagine Cup já aproveitaram as oportunidades que a competição oferece para empreender e comercializar seus projetos. É o caso de estudantes de Pernambuco que criaram a solução o Programa de Apoio ao Portador de Deficiência (ProDeaf ) que transforma voz em língua de sinais e vice-e-versa, ajudando portadores de deficiência a se comunicar com maior facilidade e com um número maior de pessoas. Eles foram reconhecidos em 2º lugar mundial na categoria Interoperabilidade na Imagine Cup 2011, em Nova York, já receberam aporte de investidores, realizaram parcerias e, em breve, devem lançar a solução no mercado nacional.

 

No ano passado, a final mundial da competição da Microsoft foi realizada na cidade de Sydney, na Austrália. Nela, os irmãos brasileiros Roberto e Eduardo Sonnino fizeram história e ficaram em primeiro lugar em três categorias. Na ocasião, o Brasil foi o país com o maior número de projetos na final mundial do evento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.