Com cursos tradicionais, UFSCar  aproveita renome para lançar graduações em novas áreas de estudos

Com cursos tradicionais, UFSCar aproveita renome para lançar graduações em novas áreas de estudos

Medicina e Engenharia estão entre os mais bem avaliados; universidade também abriga formações recentes como Educação Especial

Guilherme Soares Dias, especial para o Estado, Estadão.edu

17 Outubro 2014 | 23h00

Reconhecida pelos cursos de Medicina e Engenharias, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) tem graduações com nota máxima no Exame Nacional do Ensino Médio (Enade) e aproveita seu renome para lançar cursos pioneiros, como o de Educação Especial, destinado para a capacitação de educadores que vão atuar com as pessoas com deficiência. 

A graduação, segundo a coordenadora Adriana Gonçalves, é generalista. O curso forma educadores que vão trabalhar em sala de aula em colaboração com o professor titular, na classe de recursos, dentro de instituições especializadas e até mesmo na área de recursos humanos das empresas que contratam deficientes. “Foi criado em 2009, com o propósito de sanar as dificuldade de formação do professor em educação especial, derivando de habilidades da Pedagogia”, diz.

Entre as graduações mais tradicionais, um dos destaques é a Engenharia de Materiais, que existe desde 1970. Oferecido em tempo integral, o curso se diferencia das outras modalidades, segundo o vice-coordenador da graduação, João Baldo, pela abordagem voltada para o desenvolvimento de materiais. “É o único com ênfase nas modalidades de polímeros, metais e cerâmicas. O aluno também é exposto a engenharia de projetos, o que se alia à formação em Ciência de Materiais, com variantes desde Economia, Administração até Legislação e Meio Ambiente”, assegura. Além da prática, a área tem vocação acadêmica, com incentivo à pesquisa científica. 

Depoimento: Vanessa da Costa, professora de ensino colaborativo 

“Entrei em 2010, na segunda turma. Visitei feira de profissões e conheci o curso, que era novo e me interessei. A concorrência era menor também. Gostava de psicologia e as disciplinas me interessavam. No curso, tive contato com os diversos tipos de deficiências e de como lidar com elas. Algo que poderia melhorar seria a ordem da grade. Só tive contato com deficiência visual, por exemplo, no último ano e já fazia estágio na área. Há ainda a possibilidade de fazer mestrado e doutorado.”

Serviço:

Vestibular pelo Sistema de Seleção Unificado (SISU) por meio do Enem

Data da prova: 8/11/2014 e 9/11/2014

Resultado: janeiro de 2015

Sites: enem.inep.br e www.ufscar.br

Vagas na UFSCar: 2.727

Mais conteúdo sobre:
hora da prova UFSCar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.