Candidato a reitor da USP apoia adversário que foi líder em consulta

O ex-diretor da Poli José Roberto Cardoso divulgou carta em que recomenda apoio a Marco Antonio Zago, o primeiro na consulta

Paulo Saldaña e Victor Vieira, O Estado de S. Paulo

18 Dezembro 2013 | 15h05

*Atualizado às 16h26

O ex-pró-reitor de Pesquisa da Universidade de São Paulo (USP) Marco Antonio Zago, candidato a reitor, recebeu o apoio de um de seus três oponentes. O ex-diretor da Poli, José Roberto Cardoso, divulgou carta em que recomenda apoio a Zago, que venceu a consulta feita com toda universidade. A eleição ocorre nesta quinta-feira, dia 19.

Cardoso, que foi o menos votado na consulta, não retirou sua candidatura, mas informou que a tendência mostrada nas urnas é “clara e devemos nos posicionar”. “Baseado no princípio de ver a USP unida e ajudá-la a resgatar a ética de nossas instituições, convidamos nossos apoiadores a confirmarem seu voto em nossa chapa e votarem também na Chapa 3 Todos pela USP, liderada pelo Prof. Marco Antonio Zago”, disse ele em carta.

Essa foi a primeira vez que a comunidade foi consultada. Apesar de não ter efeito prático na sucessão, o argumento para a criação da consulta era de que a vontade da maioria pudesse ser um indicativo para os professore Assembleia Eleitoral, que define a lista tríplice a ser encaminhada para o governador Geraldo Alckmin (PSDB). É o governador quem nomeia o reitor.

Zago recebeu na consulta 6.678 votos - e foi o mais votado entre os docentes e alunos. O ex-superintendente de Relações Institucionais, Wanderley Messias, ficou em segundo, com 5.504 votos - ele liderou entre os funcionários. No total, Hélio Nogueira da Cruz recebeu 4.343 votos e José Roberto Cardoso, 3.344. Se o apoio de Cardoso a Zago se expressar nas urnas, a lista tríplice já ficaria definida. 

Em carta aberta à comunidade acadêmica, o reitor da Universidade de São Paulo (USP), João Grandino Rodas, declarou apoio ao candidato Wanderley Messias da Costa - como o estadão.com revelou no dia 16. "Estou convicto de que os candidatos Wanderley e Suely (Vilela, candidata à vice) são os melhores e conduzirão a Universidade a novos patamares de excelência e visibilidade", diz Rodas, no texto divulgado pela chapa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.