Estadão
Estadão

Cai nº de candidatos para 2º edição do Sisu; UFMG lidera procura

Número de inscritos foi menor que o da segunda edição do Sisu no ano passado, que atingiu 1.214.254 candidatos

O Estado de S. Paulo

15 Junho 2015 | 17h08

SÃO PAULO - O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) registrou 1.192.622 candidatos inscritos na segunda edição deste ano - valor menor em comparação ao ano passado, quando 1.214.253 se inscreveram. O balanço final foi divulgado nesta segunda-feira, 15, pelo Ministério da Educação (MEC). No total, foram ofertadas 55.571 vagas em 72 instituições públicas de ensino superior. Em 2014, eram 51.412 vagas em 67 instituições de ensino.

O curso de medicina foi o mais procurado pelos candidatos, com 185.818 inscrições e uma relação de 131 candidatos por vaga. Na sequência ficaram os cursos de Direito (128.929), Administração (95.272), Engenharia Civil (77.085) e Pedagogia (74.233).

As instituições mais procuradas foram as universidades federais de Minas Gerais (176.285 inscrições), do Rio de Janeiro (139.406) e do Maranhão (136.480). Os candidatos podem fazer mais de uma inscrição, escolhendo até duas opções de curso por ordem de preferência.

Segundo o MEC, 60% dos inscritos têm entre 18 e 24 anos. Apenas 2% têm mais de 45 anos. As mulheres são maioria entre os inscritos, totalizando 57%. Os homens inscritos chegam a 43%.

No ato da inscrição, o candidato pode optar por concorrer a uma vaga na ampla concorrência, às vagas reservadas de acordo com a Lei de Cotas (Lei 12.711/2012) ou pelas ações afirmativas das instituições. A maior relação de candidatos por vaga foi registrada na ampla concorrência (42,41). Na política de cotas, a concorrência foi de 40,71 candidatos por vaga e nas ações afirmativas de 35,70.

Quanto à origem dos inscritos, três estados da Região Sudeste concentram o maior número de candidatos: Minas Gerais, com 170.761 com candidatos; Rio de Janeiro, com 140.788; São Paulo, com 125.584; e Bahia, com 101.402.

Lista de espera. Os candidatos a uma vaga no Sisu que não foram selecionados poderão, a partir desta segunda, aderir à lista de espera. O prazo termina em 26 de junho. 

Podem participar da lista os candidatos não selecionados em nenhuma de suas opções na chamada regular e os candidatos selecionados em sua segunda opção,  independentemente de terem efetuado a matrícula.

A participação na lista de espera somente poderá ser feita na primeira opção de vaga do candidato. Para aderir à lista, basta acessar o boletim pessoal no site do sistema.

Mais conteúdo sobre:
sisu federais universidade vestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.