Brasil sediará rodada de educação empreendedora

Iniciativa visa a criar rede de professores de empreendedorismo para promover a troca de práticas

Vagner de Alencar, do portal Porvir,

26 Setembro 2012 | 11h16

No Brasil, o número de empreendedores cresce a cada ano. Atualmente são 27 milhões deles, segundo dados da pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), de 2011. No ranking geral, dos 54 países avaliados, a nação verde e amarelo assume a terceira posição. Preocupados em como valorizar e estimular o desenvolvimento de competências empreendedoras no País, surgem iniciativas como a Rodada de Educação Empreendedora (REE BR), que ocorre entre 8 e 10 de outubro em Florianópolis, Santa Catarina. A iniciativa tem o intuito de estimular e criar uma rede de professores universitários de empreendedorismo para promover a troca de melhores práticas nacionais e internacionais que ajudem a melhorar o ensino de educação empreendedora em salas de aula do País.

O evento vai reunir pesquisadores, professores universitários, coordenadores de centros de empreendedorismo e especialistas renomados como Steve Blank, da Universidade Stanford, que fará uma teleconferência abordando como e por que inovar em educação empreendedora.

A iniciativa foi trazida ao Brasil pela Endeavor (ONG que promove o empreendedorismo no País) em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e é uma versão independente da Roundtable on Entrepreneurship Education (REE) – conferência internacional de educação empreendedora promovida pela Universidade de Stanford – que reúne, anualmente, mais de 400 educadores e especialistas em empreendedorismo.

Segundo Juliano Seabra, diretor de educação, pesquisa e cultura da Endeavor, a educação empreendedora no País é fundamental para a criação e consolidação de uma cultura de negócios. “O ensino de empreendedorismo nas universidades brasileiras ainda é incipiente, por isso a REE visa estimular a troca de informações entre os formadores e disseminar boas práticas”, afirma.

Programação

No primeiro dia de evento serão abordados os novos paradigmas da educação empreendedora e o raio X da educação empreendedora no Brasil. Para tratar a temática sob o ponto do vista prático, serão feitas oficinas, atividades de networking e discussões de temas especiais ligados à área. Além disso, especialistas vão dar dicas e contar suas histórias.

Ao final do evento também serão anunciados os vencedores do Prêmio Educação Empreendedora, que vai premiar as iniciativas bem-sucedidas de ensino de empreendedorismo realizadas por professores universitários no país. Neste ano, serão duas categorias: o Prêmio Melhor Técnica e Compromisso e o Prêmio Educação Empreendedora.

O evento é pago e os interessados em participar podem se inscrever no site oficial do evento.

Mais conteúdo sobre:
porvir empreendedorismo rodada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.