Aplicação de Viçosa é destaque no Enem

Colégio de Aplicação da federal mineira alcança o melhor desempenho entre as públicas

BÁRBARA FERREIRA SANTOS, LUIZ FERNANDO TOLEDO e PAULO SALDAÑA, O Estado de S. Paulo

23 Dezembro 2014 | 00h52

Entre as instituições públicas, o melhor desempenho no Enem foi obtido pelo Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa (MG). A instituição ficou em 12.º lugar no ranking geral (702,99) e ocupa a 21.ª posição em redação. A próxima escola pública da lista está no 48.º lugar (679,66) e é outro colégio de aplicação, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). 

A primeira unidade estadual surge em 99.º lugar e também é ligada a uma universidade - é o Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj). 

As instituições militares também ficaram em destaque entre as melhores públicas. É o caso dos colégios militares de Campo Grande (MS) e de Juiz de Fora (MG), que estão na lista das dez melhores notas de redação da rede federal de ensino.

As dez notas mais baixas das instituições públicas estão na rede estadual. A escola com pior desempenho está no Maranhão - o Centro de Ensino Aluizio Azevedo, em Jatobá, com 14 alunos participantes, teve a média 397,03. A segunda nota mais baixa é da Escola Estadual Benedita Augusta Lemes, em Jangada (MT), com média 399,27 - nove alunos fizeram a prova. 

Em São Paulo, o mais baixo desempenho foi observado no município de Mesópolis, na escola Adelino Bertani, com a nota 431,79.

Desempenho das escolas no Enem 2013 foi divulgado nesta segunda-feira, 22, pelo MEC. Dados mostram que escolas públicas e privadas da mesma "classe social" tiveram médias iguais no exame.

Mais conteúdo sobre:
Enem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.