1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Aeronáutica escolhe novo reitor do ITA

- Atualizado: 07 Janeiro 2016 | 15h 19

Anderson Ribeiro Correia já trabalhava na instituição; expectativa é dobrar o número de vagas nos próximos anos

SÃO PAULO - O Comando da Aeronáutica escolheu Anderson Ribeiro Correia como o novo reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). A posse do dirigente, que já atuava como pró-reitor de Extensão e Cooperação do instituto nos últimos três anos, está prevista para o fim de fevereiro. Entre as propostas de Correia, estão modernizar o ensino de engenharia, expandir a pós-graduação e fortalecer as parcerias com as universidades federais. 

Correia era pró-reitor de Extensão e Cooperação

Correia era pró-reitor de Extensão e Cooperação

Na seleção para a escolha de reitor, houve onze candidatos. Um deles, como o Estado revelou em setembro, foi o ex-secretário estadual de Educação Herman Voorwald, que desistiu da vaga no meio do processo. Diferentemente de outras universidades públicas do País, no ITA podem se candidatar ao cargo profissionais de fora da instituição. Esse modelo é o mesmo adotado em várias universidades americanas. 

Uma das missões do novo reitor será concluir as obras de expansão do ITA. A expectativa, nos próximos anos, é dobrar o número atual de vagas e criar um centro de inovação. Outro desafio será renovar o quadro docente, uma vez que muitos professores estão se aposentando. 

Engenheiro civil formado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Correia fez mestrado no ITA e doutorado na Universidade de Calgary, no Canadá. Também já foi superintendente de Infraestrutura Aeroportuária da Agência Nacional de Aviação Civil. Nos últimos três anos, ele se dedicou à Pró-Reitoria de Extensão e Cooperação. 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EducaçãoX